Big Data traz riscos quanto a privacidade das pessoas. Foto:flickr.com/photos/kamiphuc

Para o mercado brasileiro, o Big Data é uma tendência forte para o futuro, mas também motivo de preocupações devido ao grande fluxo de informações pessoais que ele agrega.

Estas constatações são a base do estudo Technology Radar, lançado pela Thoughtworks. Nele foi destacado, dentre várias outras informações, a problemática no armazenamento desnecessário de grandes quantidades de dados pessoais.

Outro ponto do estudo foi o contraste entre o ânimo com as novas perspectivas de negócio possibilitadas pela coleta exaustiva de dados.

Claudia Melo, diretora de tecnologia da companhia, acredita que diversos setores do mercado brasileiro vêm considerando Big Data uma das apostas para alavancar o negócio e melhorar o relacionamento com os clientes.

Entretanto, a executiva destaca que “se por um lado a tecnologia permite que todos os seus dados, interesses e interações sejam armazenados e analisados, por outro há sérios riscos relacionados à privacidade das pessoas” comenta.

Além disso, foi analisada a fusão do mundo físico e digital, onde os dispositivos de baixo custo, plataformas e novos protocolos de comunicação estão levando novas experiências aos usuários.

O estudo, que reúne de forma abrangente tendências tecnológicas de impacto significativo na indústria de TI,  está em seu quarto ano, e é elaborado por um conselho consultivo de tecnologia, formado por 20 especialistas.

Este ano terá pela primeira vez uma versão em português, a ser lançada em breve. A versão em inglês já está disponível no site da consultoria.