A Reiter Log conta agora com o serviço de monitoramento de frotas oferecido pela OpenTech. Foto: Divulgação.

A Reiter Log, uma das principais transportadoras do Rio Grande do Sul, conta agora com o serviço de gerenciamento de risco e monitoramento de frotas oferecido pela OpenTech, de Joinville. 

Fechado em janeiro deste ano, o contrato entre as empresas prevê a utilização do sistema OpenGR no rastreamento das cargas movimentadas pela companhia gaúcha. Com sede em Nova Santa Rita, a Reiter Log conta com 18 unidades de negócios e atua em diferentes frentes como transporte, cross-docking, armazenagem e distribuição.

Utilizando o OpenCadastro desde o início de 2015, a Reiter Log decidiu ampliar o acordo comercial. 

“A necessidade da Reiter Log era clara: precisava de um parceiro com tecnologia para assumir seu monitoramento de forma rápida em um primeiro momento e, na sequência, disponibilizar seus sistemas para utilização pela equipe interna da Reiter Log”, diz o diretor comercial da OpenTech, Eduardo Oliveira de Souza.

O OpenGR é responsável pelo rastreamento de veículos e monitoramento das cargas, atuando na prevenção de sinistros e aumentando a segurança das operações, pois oferece recursos que reduzem as falhas humanas, automatizam os processos e agilizam as tratativas em eventuais sinistros, possibilitando maior chance de recuperação.

“A perspectiva das duas empresas é incrementar os negócios em breve, com a utilização do software Rastrear, da OpenTech, em uma central interna de monitoramento instalada na sede da Reiter Log”, anuncia o gerente executivo de relacionamento da OpenTech, Diego Gonçalves.

Os serviços da Reiter Log incluem armazenagem multitemperatura; transporte com distribuição de cargas fracionadas e dedicadas; operações de transferência de cargas, com entrega direta a clientes em transporte rodoviário nacional e internacional; frota dedicada com veículos customizados às necessidades dos clientes e logística reversa. 

A OpenTech atua no segmento de gestão logística e gerenciamento de risco em transportes, com soluções que abrangem todos os processos de movimento de mercadorias.

A companhia tem mais de 3 mil clientes em todo o país, alcançando mais de 300 mil viagens rastreadas por mês no Brasil e no Mercosul. Com mais de 600 colaboradores, a empresa conta com mais de 150 mil veículos e motoristas cadastrados.

A OpenTech recebeu em maio de 2013 um aporte de  R$ 10 milhões do DLM Brasil IT, fundo de private equity gerido pelos ex-Datasul Paulo Caputo e Jorge Steffens.

Em 2014, a empresa investiu mais de R$ 1 milhão na ampliação de seu sistema de segurança e armazenamento de dados no data center da Sercompe, parceiro HP sediado em Joinville.