Carlos Roberto Arins do Nascimento, CIO da Randon. Foto: Divulgação.

O Grupo Randon, conglomerado que reúne diversas companhias de atuação no segmento de veículos comerciais e transporte de cargas, adotou o software da Qualitor com o objetivo de padronizar seus processos de atendimento de chamados.

O grupo, que tem sede em Caxias do Sul, conta hoje com nove organizações, presentes nas áreas de veículos e implementos, autopeças e serviços.

“Começamos a usar o Qualitor somente na área de TI. A partir disso, notamos como a ferramenta melhorou os processos de chamados, pois os usuários agora tinham uma solução única para abrir e acompanhar chamados”, conta Carlos Roberto Arins do Nascimento, CIO da Randon. 

Assim, a empresa ampliou o uso do software para todas as áreas de seu Centro de Soluções Compartilhadas (CSC).

No total, o Qualitor é atualmente utilizado por 11 setores: controladoria, finanças, comércio exterior, recursos humanos, planejamento, controle e atendimento, logística, planejamento tributário, saúde, segurança do trabalho e na engenharia de processos da Fras-le, uma das empresas do Grupo.

“Para nós, centralizar os chamados em uma só ferramenta, bem como centralizar as soluções e processos do grupo no CSC, é fundamental para agilizarmos o atendimento das demandas e garantirmos uma operação eficiente. A resposta disso vem na forma de ganho de produtividade e organização”, comenta Nascimento.

Donald Reis, diretor da Qualitor, explica que o software possibilita integração de processos e de ferramentas legadas de atendimento, permitindo uma melhoria das rotinas e da prestação de serviços.

“Trata-se de uma solução completa, que reúne recursos de Help-Desk e Service-Desk, SAC, Ouvidorias, Shared Services - Centrais de Serviços Compartilhados e Processos de Negócio (BPM). Nossa tecnologia 100% nacional faz páreo de igual para igual, em termos de qualidade, com todos os players globais do segmento”, explica Reis.

O Qualitor reúne recursos de help-desk e service-desk, SAC, ouvidorias, shared services - centrais de serviços compartilhados e processos de negócio (BPM).

O software tem cerca de 25 mil usuários em mais de 300 clientes ativos. Entre as empresas que utilizam a ferramenta estão Sabesp, GetNet, Unimed, Midea e UFRGS.