Sistema conjunto de Yara e IBM aplicará IA e aprendizado de máquina a dados do campo. Foto: Divulgação.

A fabricante de fertilizantes Yara International e a IBM planejam lançar serviços voltados para a digitalização da agricultura ainda este ano.

O plano das companhias é desenvolver e comercializar conjuntamente soluções digitais para agricultura digital que reúnam as capacidades complementares das duas empresas: o conhecimento agronômico da Yara e as plataformas digitais da IBM.

A plataforma conjunta aplicará inteligência artificial e aprendizado de máquina a dados do campo. O sistema terá cobertura mundial e pretende alcançar 100 milhões de hectares de terras agrícolas - o que equivale ao dobro do tamanho da Espanha ou cerca de 7% de todas as terras aráveis ​​em todo o mundo.

“Para poder alimentar com responsabilidade uma população crescente, é fundamental que os agricultores aumentem a produção de alimentos nas terras agrícolas existentes para evitar o desmatamento. A Yara e a IBM desenvolverão soluções digitais que capacitam agricultores profissionais e pequenos agricultores a otimizar as práticas agrícolas", diz Terje Knutsen, vice-presidente executivo de vendas e marketing da Yara.

Como primeiro passo, Yara e IBM estabelecerão equipes de inovação conjuntas, que vão trabalhar em polos digitais na Europa, Cingapura, Estados Unidos e Brasil. 

As equipes da Yara vão atuar em conjunto com os pesquisadores da IBM para desenvolver novos recursos, como análise visual e técnicas de aprendizado de máquina para insights de colheita. Os primeiros serviços devem ser oferecidos o final de 2019.

"Como a demanda por alimentos cresce junto com a população mundial, a plataforma de agricultura digital desempenhará um papel fundamental no aumento do rendimento agrícola global de forma sustentável. A colaboração é uma simbiose perfeita das capacidades da IBM em IA, gerenciamento de big data e tecnologia blockchain com o conhecimento agronômico da Yara", completa Luq Niazi, diretor global da IBM Consumer Industries.

A parceria entre Yara e IBM se concentrará em todos os aspectos da agricultura. 

Uma área específica de colaboração será focada em dados meteorológicos. A ideia é que a plataforma conjunta forneça previsões climáticas hiperlocais e também ofereça recomendações acionáveis ​​em tempo real, adaptadas às necessidades específicas de campos e culturas individuais.

As equipes vão explorar também soluções de negócios inovadoras para integrar a plataforma conjunta ao IBM Food Trust, a rede de blockchain da IBM voltada para cadeias de alimentos.

Fundada em 1905, a Yara tem uma presença mundial com cerca de 17 mil funcionários e operações em mais de 60 países. Em 2018, a empresa reportou receita de US$ 12,9 bilhões.

No Brasil, a Yara tem sede em Porto Alegre e escritório em São Paulo, além de três fábricas, 32 unidades misturadoras e um centro de distribuição.