App transforma pacote de batatas-fritas em alvo. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

Inspirado pela Copa do Mundo, o McDonald’s lançou o aplicativo McDonald's GOL!, jogo conectado com a embalagem de batatas fritas da rede de fast food. Por meio de realidade aumentada, o app transforma o pacote nas traves de um campo de futebol.

Para a ação, a tradicional embalagem vermelha de batatas deu lugar a 12 ilustrações, criadas por artistas de diferentes países.

Ao reconhecer a arte nas caixinhas, o celular ou outro dispositivo móvel abrirá em sua tela a imagem de um campo de futebol em realidade aumentada. 

O objetivo do jogo é marcar gols, levando a bola até o alvo com toques de dedo. 

A ferramenta foi desenvolvida com a tecnologia Vuforia da Qualcomm, projetada para simular vários terrenos e incorporar objetos físicos aos dispositivos móveis.

Em entrevista ao BurgerBusiness.com, um site, acredite ou não, especializado em marketing e novidades do mercado de hambugers, o diretor de marketing global do McDonald’s, Matt Biespiel,  afirmou que a tecnologia Smart Terrain, da Vuforia, foi usada pela primeira vez no GOL!.

“Acreditamos que esse seja um dos maiores jogos em realidade aumentada já criados”, declarou Biespiel.

No Brasil, a novidade estará presente em todos os restaurantes da rede até o final da Copa do Mundo.

Os resultados dos usuários serão registrados por país e computados em um ranking mundial.

O aplicativo está disponível para aparelhos Android e iOS.

Essa não é a primeira experiência do McDonald’s com realidade aumentada, mas as outras ações do gênero não tiveram alcance global.

No ano passado, os consumidores da Austrália tiveram acesso ao TrackMyMacca’s. O sistema utilizava realidade aumentada para mostrar a origem dos ingredientes do lanche escolhido.

Já na Alemanha, o app McMission mostrava aos consumidores o comprometimento da empresa com a sustentabilidade por meio de jogos.

Outra rede de fast food também está explorando esse conceito durante a Copa do Mundo. O Giraffa’s lançou neste mês o jogo Gira Gol, que transforma o celular do consumidor em goleiro, para defender bolinhas de papel.

Para identificar o local em que a bola tocará a tela (ou a rede), a ferramenta utiliza o microfone, o acelerômetro e a câmera frontal dos aparelhos.