John Fowler.

A Oracle lançou um novo processador, o Sparc S7, com o qual pretende competir em preço com máquinas de arquitetura x86 de fabricantes como HPE e Dell.

Os servidores da nova linha tem preços na faixa dos US$ 11 mil, mais acessíveis do que a linha M7, mas ainda assim, competitivos com as máquinas x86 na comparação core por core, garante a Oracle.

“Estamos entrando na camada de preço de tecnologia commoditie”, garante John Fowler, vice-presidente executivo de Sistemas da Oracle, que esteve em São Paulo nesta quarta-feira, 29, fazendo o lançamento mundial da novidade.

Além de ganhar novos clientes, a Oracle pode também defender sua própria base de usuários, assediada pela concorrência.

O negócio de hardware da Oracle gerou US$ 4,7 bilhões em receita no último ano fiscal, uma queda de 44% frente a 2011, o primeiro ano depois da compra da Sun.

Parte foi de propóstio, deflagrado pela saída da Oracle no lado mais low end da Sun e aposta nos chamados "engineered systems”, com maior performance e potencial para alavancar a venda conjunta de aplicações.

* Maurício Renner cobre o Oracle Open World a convite da Oracle.