A Unimed Londrina compreende uma região com 27 cidades paranaenses. Foto: divulgação.

A Unimed Londrina, do interior do Paraná, contratou o serviço de campo da Engineering, multinacional italiana especializada em transformação digital, para controlar em tempo real o Home Care, seu programa de atenção domiciliar.

A SmartQuestion, solução hospedada na nuvem da Google Cloud Platform, foi embarcada em aplicativos nos smartphones do time da cooperativa, utilizados por enfermeiros, técnicos de enfermagem, psicólogos, fonoaudiólogos, nutricionistas e assistentes sociais.

Com o aplicativo, é possível organizar as agendas dos profissionais em campo, que dão check in e check out nas suas consultas a partir de um QR code. Assim, os gestores têm acesso, por exemplo, às evidências das visitas e dos pacientes.

Através do app, os profissionais também enviam as avaliações e as imagens dos atendimentos para registro.

Os atendimentos domiciliares da Unimed Londrina são, em sua maioria, acompanhamento de úlceras, auxílio de lesões, curativos, cuidados paliativos, oxigenoterapia e terapias intravenosas.

No SmartQuestion, são encontrados relatórios de produtividade, tanto individuais quanto setorizados, tempo das visitas, jornada de trabalho, quilômetros rodados pelos carros, assim como identificação dos pontos de atendimento e manejo das rotas. No total, são 27 formulários para preenchimento.

Antes, os processos eram realizados em planilhas e, com a digitalização dos processos em tempo real, a Unimed Londrina obteve uma redução de 80% nos papéis para impressão.

De acordo com a cooperativa, a automação dos processos melhorou a experiência de uso e reduziu a possibilidade de erros e falhas na operação, impactando positivamente tanto a equipe quanto os pacientes.

“Houve um ganho de todos os lados, pois livrou os profissionais dos processos mais operacionais, garantiu visibilidade e planejamento em tempo real para os gerentes, além de confidencialidade e segurança aos pacientes, que também se beneficiaram com as facilidades da digitalização dos formulários de atendimento, resultando em precisão das informações para todos”, afirma Lucieire Ramon, gerente de assistência domiciliar da Unimed Londrina.

O próximo passo da Unimed Londrina é incluir a prescrição médica, assim como dois novos módulos, um para inteligência de dados e outro aplicativo para os pacientes, no qual será possível acompanhar a previsão de chegada dos profissionais da saúde e visualizar seus dados.

Fundada em 1971, a Unimed Londrina compreende uma região com 27 cidades e conta com 597 colaboradores, mais de 188 mil beneficiários e 1.189 cooperados.

A Engineering tem 39 anos no mercado de TI, com mais de 10 mil profissionais e projetos em mais de mil clientes de grande porte, além de mais de 250 pesquisadores.

Com mais de 150 empresas atendidas no Brasil, está presente no país desde 2008. A companhia tem 850 funcionários nos escritórios de São Paulo, Santo André, Belo Horizonte e no Rio de Janeiro.