INVESTIMENTO

Pipo Saúde recebe aporte de R$ 100 milhões

29/07/2021 13:52

A rodada Série A foi a maior do mercado de saúde, sendo liderada pela americana Thrive Capital.

Da esquerda para a direita: Vinicius Corrêa, Manoela Mitchell e Thiago Torres, cofundadores da Pipo Saúde. Foto: divugação

Tamanho da fonte: -A+A

A Pipo Saúde, corretora digital de seguros de saúde para empresas, recebeu um aporte de R$ 100 milhões, o que, de acordo com a Healthtech, é o maior aporte de série A no segmento.

O valor seria também o maior numa startup comandada por uma mulher, o que é relativamente mais fácil, uma vez que poucas mulheres comandam startups no país.

A rodada de investimentos foi liderada pela Thrive Capital, um dos maiores investidores em saúde dos Estados Unidos, com participação do fundo Atlântico, de Julio Vasconcelos, fundador e ex-CEO do Peixe Urbano, e dos anjos Hans Tung, managing partner da GGV e membro da Midas List, Florian Otto, CEO da Cedar e ex-CEO do Groupon Brasil, e Henrique Loyola, CEO da Avec e ex-sócio da XP.

Além disso, houve participação da Monashees, Kaszek, OneVC e David Velez, todos investidores da rodada seed, que levantou R$ 20 milhões.

Idealizada em 2019 por Manoela Mitchell, Vinicius Correa e Thiago Torres, a Pipo hoje atende cerca de 100 clientes, como Madeira Madeira, Buser e Alura, tendo crescido cerca de oito vezes a base de clientes nos últimos 12 meses.

A empresa também conta com um concierge de saúde, o @meajuda, formado por um time de especialistas de saúde que oferece aos colaboradores dos clientes recomendação de rede, saúde preventiva, acolhimento de casos graves, entre outros.

Os recursos captados serão destinados para a contratação de talentos, com objetivo de dobrar o número de funcionários até o final de 2021, chegando a 200 pessoas, investimentos significativos em tecnologias e dados para melhorar a experiência dos clientes, aceleração do crescimento e aprimorar o @meajuda.

"O lema da Pipo nos últimos dois anos foi: precisamos ser incontestavelmente a melhor corretora de seguro saúde para empresas de 100 a 1,000 funcionários. O aporte da Thrive Capital e da Atlântico nos leva para um segundo estágio: queremos também transformar radicalmente a experiência de saúde dos funcionários, ajudando-os a tomarem as melhores decisões para uma vida mais saudável", conta Manoela Mitchell, CEO e cofundadora da Pipo.

Ainda, essa é a primeira vez que a Thrive Capital lidera uma rodada na América Latina, o que coloca em evidência o potencial da startup. 

"Nós não poderíamos estar mais entusiasmados em nos unirmos à Pipo Saúde na missão de mudar a experiência de benefícios de saúde no Brasil. O time da startup está alavancando o poder da tecnologia e dos dados para ajudar as empresas a tomarem as melhores decisões, além de guiarem diretamente os funcionários, garantindo a melhor experiência saúde", afirma Kareem Zaki, general partner da Thrive Capital.

Sediada na cidade de Nova Iorque e em atuação desde 2009, a Thrive Capital é uma firma de investimentos que foca em companhias de internet, software e tecnologia. 

Veja também

STARTUP
Pipo Saúde capta R$ 20 milhões

Rodada foi liderada por Monashees e Kaszek, com participação da ONEVC e investidores anjo.

DIVERSIDADE
Startups são o clube do bolinha

Pesquisa mostra que um quarto das empresas não têm nenhuma mulher. 

APORTE
GoBots capta R$ 2,2 milhões

Rodada seed foi liderada pela Invest Tech e teve participação da Aimorés Investimentos.

DELIVERY
Daki levanta US$ 170 milhões

A startup foi fundada no início de 2021 e se fundiu com a norte-americana Jokr.

CAPITAL
Zenvia levanta R$ 1,1 bilhão na Nasdaq

Mesmo com queda das ações no primeiro dia, startup conquista um feito histórico.

EXPANSÃO
FCJ Venture Builder faz captação Série A

Empresa criada em 2013 faz captação com family office de origem japonesa.