CVC

Lojas Renner faz seu primeiro aporte

29/07/2022 12:14

Investida é a Logstore, em rodada liderada pela Domo Invest.

Helson Santos e Diego Dias, fundadores da Logstore. Foto: Divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

O RX Ventures, fundo de corporate venture capital (CVC) da Lojas Renner, uma das maiores varejistas de roupas do país, realizou seu primeiro investimento na Logstore, uma startup que conecta o comércio digital às lojas físicas por meio de softwares.

A rodada, que não teve valor divulgado, foi liderada pela Domo Invest, empresa de gestão de recursos criada por dois ex-executivos do Buscapé.

Fundada em 2017 por Helson Santos e Diego Dias, a Logstore tem sede em São Paulo e funciona com softwares como serviço (Saas, na sigla em inglês), integrando o varejo físico e o digital. 

Santos tem passagens por empresas como Marel Do Brasil, Lenke Food Systems, Interroll e Brint Technology.

Já Dias, foi o cofundador da Locaoffice, uma startup focada em anunciar espaços comerciais compartilhados. O executivo fez uma carreira de mais de 11 anos na 2D Soluções e atuou em empresas como E-Guru, Nova Pontocom, GoNow e Ciatech.

Com o auxílio de um roteirizador, as soluções da Logstore atuam para que o processo de entrega de pedidos não use o estoque dos centros de distribuição. A proposta é que o tempo de separação e embalagem das mercadorias seja 78% menor do que nos processos convencionais.

A plataforma da startup já atende mais de 500 mil pedidos por mês e trabalha com marcas como Vivara, Leroy Merlin, Grupo DPSP (Drogaria São Paulo e Drogarias Pacheco) e Grupo Mundial Mix.

A Logstore já tinha recebido um aporte inicial da Domo em julho de 2021, quando a gestora fez a captação de dois fundos no valor de cerca de R$ 100 milhões cada um e fez aportes em cinco startups.

Nesta nova rodada, as duas empresas acreditam que a entrada da Lojas Renner pode contribuir com o crescimento e a capacidade de geração de valor da investida.

“O investimento do RX Ventures nos aproxima de um dos principais varejistas da América Latina, além de abrir portas no mercado de moda, um dos maiores segmentos do e-commerce no mundo, e nos permitirá acelerar a estratégia de expandir a tecnologia da Logstore para o mercado Latam”, explica Helson Santos, Chief Executive Officer (CEO) e cofundador da startup.

Fundado em março deste ano, o RX Ventures tem capital de R$ 155 milhões e opera como Fundo de Investimentos em Participações (FIP) num modelo de gestão integrada com a gestora Ahead Ventures. 

O fundo prevê períodos de quatro anos de investimento em participações minoritárias e mais quatro para desinvestimento, buscando pelo menos 10 empresas.

O alvo são startups com soluções para o varejo de moda, marketing, e-commerce, supply chain e logística, com foco em empresas no chamado “early stage”, tanto as “seed” (semente), com produtos já em validação, quanto as “série A”, com níveis um pouco mais elevados de maturidade.

Fundada em 2016, a Domo Invest é conhecida por fazer investimentos no estágio seed. Em geral, os cheques variam de R$ 3 milhões a R$ 5 milhões. Seus sócios somam participações em mais de 150 investimentos e transações de M&A.

Veja também

INOVAÇÃO
Lojas Renner cria fundo de R$ 155 milhões

Varejista quer investir em startups com tecnologia para varejo.

LOGTECH
Renner compra Uello

Aquisição faz parte de plano para otimizar entregas do e-commerce.

CVC
Valid começa a investir em startups

Empresa pretende colocar até R$ 300 milhões em empresas de três setores.

CVC
Vivo vai investir R$ 320 mi em startups

Valor deve ser destinado a até 20 empresas nos próximos cinco anos.

CVC
Americanas vai investir em startups

A varejista pretende fazer aportes em até 20 empresas neste ano.

INOVAÇÃO
ITS tem produto certificado para mercado fashion

Empresa é a primeira consultoria da América Latina a qualificar solução com o RISE With SAP.