O Grupo Orguel selecionou a Sonda Ativas para migrar seu ambiente corporativo para nuvem. Foto: Divulgação.

O Grupo Orguel, especializado na locação de equipamentos, soluções customizadas e desenvolvimento de projetos para os setores da indústria, edificação e infraestrutura, selecionou a Sonda Ativas para migrar seu ambiente corporativo – composto por servidores, ERP (Protheus, da Totvs) e um centro de serviços compartilhados entre suas principais áreas.

“Terceirizar algumas de nossas aplicações era algo já estudado há tempos. Optamos pela Sonda Ativas porque era a única empresa do mercado local a ofertar um Data Center Tier III. Além disso, a proximidade física e o bom atendimento foram determinantes para o fechamento do nosso primeiro acordo”, afirma Fabiano Murta, gerente geral de tecnologia e telecom do Grupo Orguel. 

Com a unificação das empresas do Grupo (Orguel, Locguel e Mecan), Murta afirma que o acordo com a Sonda Ativas precisou ser ampliado em cerca de 40%.

“Nosso projeto foi muito bem-sucedido, com um processo de implementação extremamente rápido. Foi um movimento natural expandirmos a parceria para atender à nossa estratégia de crescimento e aperfeiçoamento das operações”, diz o executivo.

Com a ampliação da parceria, o Grupo Orguel contratou a solução Cloud Premium, optando por uma composição híbrida de nuvens privada e pública. Atualmente, todo o ambiente está hospedado com a Sonda Ativas. 

“Trabalhamos com uma série de sistemas que não podem ficar inoperantes. Essa solução nos trouxe mais segurança e agilidade, uma vez que nosso ambiente corporativo está sempre disponível. Além disso, podemos agora focar totalmente no desenvolvimento de soluções para inovar nosso próprio negócio”, completa Murta.

Com 54 anos de trajetória, o Grupo Orguel presta serviços de engenharia para projetos especiais de acesso, elevação, energia, escoramento e fôrmas. Cerca de 1 mil colaboradores integram o Grupo nas 12 unidades localizadas em todo o país.

A Sonda Ativas conta atualmente com uma rede de data centers na América Latina, incluindo três centros com certificação internacional Tier III, amplia a capacidade das companhias de atuarem junto a grandes clientes.