Renato Gritti.

Renato Gritti, ex-diretor executivo de Digital da GFT no Brasil, acaba de assumir o cargo de diretor de transformação da área de Strategy Value da Everis.

De acordo com a Everis empresa, Gritti será o líder de uma equipe com a missão de “apresentar uma visão de futuro aos clientes” e por criar “novos modelos de negócios digitais e ecossistemas, além de estratégias de negócios alavancadas por novas tecnologias e dados”. 

“A Everis é uma empresa inovadora e flexível, apesar de sua estrutura robusta, atua no mercado como uma startup, o que dá aos seus profissionais a oportunidade de enfrentar desafios com agilidade e eficiência”, afirma Gritti.

Na GFT, uma consultoria alemã com forte presença no setor financeiro, Gritti atendeu grandes organizações do setor em projetos de transformação digital, modernização de legados e gerenciamento de aplicações (AMS, na sigla em inglês).

Antes, Gritti teve duas passagens pela IBM e pela PwC, onde foi líder para CIO Advisory. O executivo começou a carreira ainda nos anos 90, como engenheiro de sistemas no Itaú, passando depois por Novartis e KPMG.

A Everis tem hoje cerca de 3 mil funcionários no Brasil.

A NTT Data, empresa de serviços de TI do grupo japonês NTT, comprou a espanhola Everis por US$ 761,2 milhões em 2013.

Parte da justificativa do negócio era ampliar a presença da NTT em regiões na qual a companhia tinha pouca presença, como a América Latina. 

A Everis faturou € 1,4 bilhão no ano fiscal finalizado em março de 2019, uma alta de 22% frente ao período anterior. O Brasil é hoje a segunda maior operação da empresa.

A região Américas fechou o exercício fiscal de 2018 com mais de € 380 milhões de receita, 27% do faturamento global do grupo. No total, a empresa conta com mais de 8,5 mil profissionais na região.