Mini geradores eólicos verticais de alta performance. Foto: Reprodução.

A companhia Ropatec, empresa italiana fabricante de mini geradores eólicos verticais de alta performance, deve iniciar suas operações no Brasil ainda em 2014 com uma unidade de produção em Santa Catarina. Essa é a primeira fábrica da companhia fora da Itália. 

O investimento não foi revelado, pois a empresa está na fase de negociação do local para a instalação. Porém, a estimativa é que a unidade produza 500 equipamentos por ano de três modelos.

Entre as características dos geradores estão o silêncio, a baixa dependência da direção e da velocidade do vento, pouca necessidade de manutenção e altura de 34 metros. Além disso, as potências de geração trabalhadas pela empresa são de 3 KW, 10 KW, 20 KW, 30 KW e 35 kw.

Os equipamentos podem ser utilizados para indústrias, fazendas, prédios e plataformas de petróleo, mas para essa última ainda não há histórico de uso. 

A linha de montagem utilizará 60% de conteúdo nacional inicialmente, devendo atingir os 100% em três ou quatro anos. 

Em três anos, a Ropatec planeja abrir mais uma fábrica no país, dessa vez no nordeste. Porém, o presidente da empresa no Brasil Fernando Miceli informou que isso dependerá da atuação da primeira unidade. 

“Isso vai depender do mercado e da situação em que a primeira fábrica estiver. O Nordeste tem a favor o seu bom potencial de mercado, devido aos ventos fortes da região, e a logística, pois está perto dos países da América Central, para onde vamos exportar”, destacou o presidente em entrevista ao portal Petronotícias

A Ropatec desenvolve esses equipamentos há 15 anos e já vendeu para o instituto de pesquisa CNR na Antártida, para o Fraunhofer Institut, para a Tesco, a Audi e o McDonalds.