O Banrisul usa ATMs da Saque e Pague. Foto: Banrisul/divulgação.

Givanildo Luz, ex-diretor executivo de vendas e varejo da GetNet, acaba de assumir a presidência da empresa de terminais de atendimento gaúcha Saque e Pague.

Luz passou apenas cinco meses na última posição dentro da empresa. Ele entrou na GetNet em 2010 como diretor de Infraestrutura de TI, vindo da HP.

Em operação há pouco mais de um ano, os terminais da rede Saque e Pague possuem recicladores de cédulas que permitem o reaproveitamento do dinheiro depositado para as operações de saque.

Até o momento, a companhia tem uma presença modesta. São 30 terminais de autoatendimento em operação com o Banrisul, no Rio Grande do Sul, e o Banpará, no Pará.

A companhia tem hoje entre seus controladores o Banco Topázio, mas foi criada em um trabalho em conjunto de profissionais de outras empresas do grupo Ernesto Corrêa, como a processadora de cartões GetNet, a empresa de multiconvênios Good Card e a prestadora de serviços de TEF Auttar.

O negócio não foi incluído na compra da GetNet pelo Santander, um negócio de R$ 1 bilhão fechado em maio, e segue tendo atuação independente.

No anúncio do acordo com o Banrisul, feito em outubro de 2012, a GetNet divulgou planos de US$ 10 milhões na rede, entregando por todo o Brasil cerca de 1 mil máquinas em 2013.