Carlos Zenteno, presidente da Claro. Foto: Divulgação.

A Claro pretende investir R$ 8 bilhões no Brasil em 2015, um valor 20% menor do que o investimento de 2014. 

"Os investimentos estarão focados em infraestrutura de sistemas, expansão da rede 3G e 4G, e no cumprimento de metas de cobertura rural", disse Carlos Zenteno, presidente da Claro, de acordo com a Reuters.

De acordo com o executivo, o montante de 2014 incluía investimentos previstos em anos anteriores e, portanto, a redução de 2015 não se deve a expectativas negativas para a economia brasileira.

O executivo também comentou o resultado da Claro Telecom Participações, que reúne Embratel, Claro e NET, no primeiro trimestre, que foi negativo em R$ 2,1 bilhões, revertendo resultado positivo de um ano antes.

Segundo Zenteno, o desempenho pode ser atribuído a efeitos contábeis com o processo de consolidação das marcas do grupo.

Hoje a Claro está em terceiro lugar no ranking de participação de mercado da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), com 25,4%, após as líderes Vivo e TIM, segundo dados de fevereiro.