Mais de 5,1 mil unidades do Kwid já foram vendidas pelo K-Commerce. Foto: Divulgação.

A Renault do Brasil utilizou a plataforma Hybris E-commerce Solution, da SAP, para lançar o K-Commerce, plataforma de comercialização do modelo Kwid que agrega todas as etapas da aquisição de um automóvel, incluindo financiamento, pré-avaliação do usado e pagamento por boleto

“A Renault nos trouxe um projeto e nós ‘compramos’ a ideia. Nós nos dedicamos para atender todas as necessidades, especialmente o prazo. Foi um desafio que provocou nossa equipe a buscar soluções ainda mais inovadoras e a criar novos processos internos que nos garantiram a agilidade que o cliente precisava”, afirma Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil.

O projeto foi desenvolvido em 44 dias, a partir do uso de metodologias ágeis.

Até o momento, o K-Commerce já registrou mais de 1,5 milhão de acessos, a maior parte por celulares e tablets (70%). Ao todo, mais de 5,1 mil unidades do Kwid já foram vendidas pelo K-Commerce. 

“O Kwid é um veículo inovador desde o seu projeto e da sua pré-venda, que superou em quatro vezes o volume de reservas esperado. Entendemos o que os clientes desejavam e, dando continuidade a essa trajetória, apresentamos o K-Commerce, a inovadora e mais completa plataforma para a compra de um veículo”, afirma Luiz Pedrucci, presidente da Renault do Brasil.

O K-Commerce inclui funcionalidades como pagamento à vista ou com financiamento pelo Banco Renault; aprovação on-line do financiamento; pré-avaliação do seminovo pelo sistema AutoAvaliar, já utilizada por lojistas e concessionários; emissão de boleto para pagamento e acompanhamento do pedido pelo site e por e-mail.

A ferramenta oferece previsão de entrega do Kwid, levando em conta a localização do cliente e o tempo de transporte para a concessionária. 

Seguindo a metodologia ágil, foi mobilizado um time interno com representantes de cinco diretorias da Renault: TI, marketing, vendas, rede & supply chain e pós-venda. 

O time contou com a parceria da SAP Brasil, chegando a um total de 53 pessoas, localizadas em três países – Brasil, França e Canadá – e trabalhando em turnos, 24 horas por dia, para viabilizar o K-Commerce.

“Foi necessário unir um total de 15 sistemas, que permitissem a avaliação do usado, o financiamento e o rastreamento do produto da linha de produção à entrega. O squad do K-Commerce continua em operação, de forma que já incluímos outras funcionalidades desde que a plataforma foi lançada e continuaremos fazendo isso em sprints futuros”, afirma Angelo Fígaro, diretor de TI da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi para a América Latina.

Com isso, foram acrescentadas ao K-Commerce facilidades como novas condições de financiamento; chat on-line; inclusão da quilometragem na pré-avaliação do usado e um vídeo do passo a passo de compra de um Kwid.

Produzindo no Brasil desde 1998, a Renault atingiu seu recorde de participação no mercado do país em 2017, com uma fatia de 7,7%. Hoje a marca fabrica sete veículos no país: Kwid, Sandero, Logan, Duster, Duster Oroch, Captur e o comercial leve Master. 

No total, já são cerca de 2,8 milhões de veículos Renault produzidos em 20 anos no Brasil. 

A Renault do Brasil possui quatro unidades industriais instaladas no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais: a fábrica de veículos de passeio (CVP), fábrica de veículos utilitário (CVU), fábrica de motores (CMO) e a Curitiba Injeção de Alumínio (CIA), inaugurada neste ano. 

Hoje o Complexo Ayrton Senna opera em três turnos e tem um total de 7.300 colaboradores.