E-COMMERCE

Vtex demite quase 200

30/05/2022 11:45

Nova baixa no mundo dos unicórnios equivale a mais de 10% do quadro de funcionários.

Foto: Pixabay.

Tamanho da fonte: -A+A

A Vtex, maior empresa brasileira de plataforma de e-commerce, demitiu 193 pessoas na última semana, mais de 10% do total de 1,7 mil, em áreas como produto, experiência do usuário, design, engenharia e growth. 

Segundo o Estadão, uma planilha com os nomes e contatos dos demitidos começou a circular em redes sociais logo após o comunicado da companhia, com o intuito de ajudar na recolocação.

"A decisão de reduzir nossa força de trabalho foi tomada como um julgamento estratégico sobre qual estrutura organizacional pode entregar nossas prioridades ajustadas e alinhadas a esse ciclo orientado a crescimento com eficiência", afirmou a empresa em comunicado.

De acordo com um dos demitidos, que pediu à publicação para não ser identificado, a Vtex teria crescido de forma desordenada, principalmente após o IPO, com contratações em números acima do suportado pela companhia.

A fonte diz ainda que alguns dos demitidos haviam ganhado reajuste de salário antes do corte.

A Vtex ganhou status de unicórnio em setembro de 2020, quando foi avaliada em US$ 1,7 bilhão. No segundo semestre de 2021, abriu capital na Bolsa dos Estados Unidos e levantou US$ 360 milhões no IPO.

Desde então, a companhia já encolheu consideravelmente em valor de mercado, sendo avaliada atualmente em US$ 815 milhões.

Um outro ex-funcionário afirmou à publicação que participou de uma reunião com o comando da Vtex há duas semanas, na qual foi comunicado que a empresa iria entrar no modo de "alta eficiência" por conta da crise no mercado. 

Na últimas semanas, outros unicórnios brasileiros registraram uma sequência de demissões coletivas. Entre eles, estão Olist, QuintoAndar, Loft e Facily. Outras startups, como LivUp e Zak, também realizaram desligamentos neste ano.

A virada no ambiente de startups foi sinalizada ainda em abril, quando Masayoshi Son, presidente do SoftBank, disse que o conglomerado japonês deve reduzir os investimentos em empresas de tecnologia neste ano devido aos maus resultados das investidas.

Com a alta global nos juros básicos e a guerra na Ucrânia, a tendência é de que os mercados internacionais busquem ativos seguros e tenham menos apetite por risco. Assim, deve haver menos capital para que as startups possam manter o crescimento dos anos anteriores.

A Vtex conta com mais de 2,5 mil clientes em 32 países. A lista inclui nomes como Boticário, Whirlpool, Electrolux, Sony, Walmart, L'Oréal, Coca-Cola, Nestlé, Motorola, Samsung e Black&Decker.

Veja também

CORTES
Zak demite 40% da equipe

Startup do segmento de restaurantes teria demitido 100 por videoconferência.

CORTES
Loft e Facily demitem em massa

Parece quem nem tudo está colorido no mundo dos Unicórnios. 

IMÓVEIS
Quinto Andar faz cortes na equipe

Funcionários falam em 20%, a empresa diz que o número é menor.

TEMPO
CEO da Better.com é afastado

Demissão de 900 numa tacada só pelo Zoom criou uma crise de imagem.

TCHAU
CEO demite 900 pelo Zoom

Numa tacada só e em cinco minutos, Better.com cortou 15% da equipe. Veja o vídeo.

IMAGENS
SAP demite por vídeo viral

Discussão sobre máscaras em supermercado acaba na Internet e funcionária na rua.