RESPALDO

Jorge Audy no conselho da Procempa

30/06/2022 09:02

Superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUC-RS é um nome de peso.

Jorge Audy é um ícone, sem exagero. Foto: Camila Cunha/PUCRS.

Tamanho da fonte: -A+A

Jorge Audy, superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUC-RS, acaba de assumir como novo membro do Conselho de Administração da Procempa. 

O conselho é liderado pelo ex-presidente da Procergs, Antonio Ramos e conta com sete integrantes, incluindo representantes de grandes clientes da Procempa como o  Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), as secretarias da Fazenda e do Planejamento, de empresas de tecnologia e um representante dos empregados da companhia.

Como muitos outros conselhos de administração, o da Procempa não é uma agremiação que tenha uma função especialmente visível, ou influencie mais diretamente nos rumos da estatal.

Por outro lado, a nomeação de um nome como Audy tem uma dimensão simbólica que vai além das atividades do conselho.

A nota da Procempa destaca que Audy é um ícone na área de inovação no Brasil, e, ao contrário de muitas afirmações desse tipo em press releases, nesse caso não se trata de um exagero. 

À frente da pró-reitoria de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento da PUC-RS, Audy foi um dos principais articuladores do Tecnopuc, parque tecnológico da universidade gaúcha criado no começo dos anos 2000 e hoje tido como uma referência nacional na área.

Audy também foi coordenador da Comissão Nacional de Acompanhamento do Plano Nacional de Pós-Graduação 2011-2020 do Ministério de Educação e participou de conselhos de órgãos como Embrapii, Sebrae e outros.

Nos últimos anos, Audy tem sido um dos principais articuladores da Aliança para Inovação, movimento lançado por UFRGS, PUC-RS e Unisinos para fomentar o ecossistema inovador de Porto Alegre que tem tido grande visibilidade.

“Ele vem para complementar com sua trajetória inigualável um conselho altamente qualificado e preparado para fazer as transformações necessárias na Procempa, colocando-a em um patamar mais moderno e alinhada com os tempos atuais”, comemora a presidente da Procempa, Letícia Batistela.

Segundo Audy, a Procempa sempre desempenhou “um papel importante na capital” e tem “um grande desafio para os próximos anos”, considerando o ambiente de transformação digital da sociedade.

“Espero contribuir no entendimento do que significa uma empresa de tecnologia da informação e inovação nestes tempos que vivemos e também para o futuro, buscando tornar o papel da companhia ainda mais relevante”, projeta Audy.

Nas entrelinhas, é possível ler a entrada de Audy no conselho como um respaldo de peso do ecossistema de inovação de Porto Alegre ao curso implementado por Batistela na Procempa, no sentido de tornar a capital gaúcha mais aberta à adoção de tecnologia de empresas privadas e menos dependente da estatal.

O apoio é necessário, porque a nova orientação da Procempa tem opositores com capacidade de mobilização.

Em outubro do ano passado, por exemplo, o Ministério Público de Contas chegou a pedir o afastamento de Batistela do cargo, movido por denúncias do Sindppd-RS, o sindicato que representa os funcionários da Procempa. 

Para o Sindppd-RS, atuação passada de Batistela em entidades empresariais como a Assespro configuraria conflito de interesses, ou seja, poderiam levar a presidente da Procempa a tomar decisões em seu próprio favor.

O pedido foi arquivado em dezembro de 2021 depois de esclarecimentos da estatal municipal de tecnologias, por meio da própria Batistela, além do conselho de administração da Procempa e da Procuradoria Geral do Município.

Logo depois do pedido de afastamento, Batistela recebeu apoio público da Assesspro, tanto nacional como da regional gaúcha, além do Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia de Porto Alegre.

Formado há 25 anos, o Comcet é um órgão discreto, mas representativo, incluindo de forma permanente a PUC-RS, a Secretaria de Ciência e Tecnologia e a UFRGS, além de uma gama de entidades empresariais do estado.

Batistela recebeu ainda apoio de integrantes do Pacto Alegre, que respaldou a nomeação da advogada.

Veja também

FINTECHS
Banrisul lança hub de inovação com Tecnopuc

Primeiro edital para o programa de aceleração de startups deve sair até o início de 2021.

CONSELHOS
Justiça anula contrato do Gartner com Porto Alegre

Gigante de consultoria foi contratada em 2020 sem licitação. Assunto não está encerrado.

PROFISSIONAIS
Porto Alegre busca analistas

Capital gaúcha vai contratar 10, pagando até R$ 9,5 mil por mês por dois anos.

MODELO
Procergs quer ser broker de nuvem

Estatal gaúcha lidera consórcio de empresas públicas para comprar no atacado.

FOI TRI
South Summit emplaca em Porto Alegre

Evento teve participação acima das expectativas e elevou a autoestima da cidade.

ECOSSISTEMA
Instituto Caldeira se aproxima dos parques

Iniciativa de inovação de grandes empresas assina convênio com Tecnopuc. Outros vão vir.