A Feevale lançou desafios do Programa de Inovação Aberta. Foto: Ana Knevitz/Universidade Feevale.

A Universidade Feevale lançou nesta semana os dois primeiros desafios do Programa de Inovação Aberta.

A universidade espera incentivar a comunidade acadêmica e a sociedade a desenvolverem projetos voltados a problemas reais da instituição e de empresas instaladas no Feevale Techpark.

O primeiro desafio, chamado de Plataforma Onn, busca parceiros que tenham potencial para o desenvolvimento de um sistema web capaz de administrar a proposta de inovação aberta da universidade, desde a concepção de desafios, gerenciamento e avaliação de ideias, incluindo o armazenamento destas. 

Já o Feevale Create busca constituir uma empresa capaz de criar uma linha de produtos da marca Feevale, com possibilidade de utilização da infraestrutura da Universidade. O produto resultante desse desafio deverá ser uma proposta de posicionamento de produtos e o portfólio de produtos a serem desenvolvidos para a marca Feevale, contemplando itens de vestuário, decoração, perfumaria e calçadista, entre outros.

Angelita Renck Gerhardt, pró-reitora de Ensino, afirma que essa é uma forma diferente de envolver a comunidade acadêmica e a sociedade. 

“A Universidade Feevale adota o slogan ‘Conhecimento para inovar o mundo’ há muitos anos, mas não basta a instituição ser inovadora. Queremos que nossos acadêmicos pensem de maneira diferente, vivam de forma inovadora”, afirma.

Segundo ela, outros desafios serão lançados, vinculados inclusive à formação, agregando horas curriculares. 

“Nossa intenção é que essa inovação saia da instituição e permeie todas as atividades dos nossos estudantes, para que possamos criar um grande ambiente de inovação na região”, conclui. 

Para Daiana de Leonço Monzon, diretora de Inovação da Feevale, o grande ganho para os acadêmicos é a oportunidade de conhecer diferentes pessoas, a troca de experiências com mentores, a visibilidade e a possibilidade de viabilizar startups e spin-offs.

Podem participar dos desafios pessoas físicas sem vínculo empregatício com a Universidade Feevale, preferencialmente estudantes e egressos da instituição.

Os interessados devem ter formação completa ou em andamento na área da tecnologia da informação ou áreas afins para o primeiro desafio. No segundo, a formação deve ser da área da indústria criativa, como publicidade e propaganda, design, moda e afins.

A premiação, tanto para a Plataforma Onn como para o Feevale Create, será de R$ 80 mil, distribuídos em bolsas de graduação ou pós-graduação na instituição. 

As propostas deverão ser enviadas até o dia 16 de outubro, por meio de cadastro no site da iniciativa