A Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa implantou o Soul MV. Foto: Pressmaster/Shutterstock.

A Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa, localizada no Rio de Janeiro, implantou há pouco mais de um mês o Soul MV, sistema que padroniza e gerencia os processos hospitalares.

Como hospital geral com atendimento de emergência, a instituição filantrópica fundada em 1859. Apesar de já ter utilizado um software de gestão de outro fornecedor, o hospital de 218 leitos não possuía processos 100% informatizados. 

Além do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) ser usado apenas na UTI e de forma incompleta, era frequente a adoção de planilhas para controle de suprimentos e faturamento. 

Segundo a organização, havia dificuldade de gerenciar com precisão a dispensação de medicamentos, o consumo de materiais e a necessidade de compras devido à falta de integração entre as áreas. 

Cerca de 1,1 mil profissionais de saúde da Santa Casa estão utilizando o Soul MV. De acordo com a instituição, além da facilidade de comunicação entre os setores e a integração de dados, houve redução de 40% no volume de compras pelo aumento da eficiência na gestão de materiais.

Hoje um medicamento prescrito é automaticamente requisitado na farmácia e a dispensação ocorre por meio de um leitor de código de barras, ou seja, sem necessidade de preenchimento manual de informações.  

A Santa Casa de Barra Mansa realiza aproximadamente 400 atendimentos por dia e 400 cirurgias por mês. Hoje a organização tem uma margem de rentabilidade de 3% sobre o faturamento. O objetivo, em cerca de 60 dias, é que haja um acréscimo de no mínimo 10% com o uso do sistema MV associado a outras medidas adotadas pela instituição.

A MV é hoje uma das maiores empresas de software para saúde no país. No ano passado, a companhia alcançou uma receita líquida de R$ 161 milhões, alta de 20% frente a 2013. A meta para este ano é crescer novamente 20%, chegando a R$ 193 milhões.

Com mais de 800 clientes no Brasil, na África e na América Latina - entre hospitais, operadoras de planos de saúde e saúde pública – a MV conta com um total de 100 mil médicos e 250 mil profissionais usando as plataformas da empresa.