Dynatrace ajuda Take a ficar de olho na sua performance digital.

A Take, uma das líderes no mercado brasileiro de chatbots, está usando tecnologia da Dynatrace para monitorar oscilações e indisponibilidades no seu serviço, antecipando eventuais problemas.

“Nossos clientes tinham a percepção de que não conseguíamos identificar qualquer tipo de problema antes deles ou, até mesmo, antes de chegar nos consumidores finais. Desde a implantação, isso não acontece mais. A ferramenta nos avisa instantaneamente se algo está errado”, diz Ademilson Corrêa, Coordenador SRE e Governança de TI da Take.

Antes da implementação do Dynatrace, as equipes tinham que dedicar mais tempo tentando encontrar o causador e onde estava o problema.

Outra vantagem é a utilização do mecanismo aberto de Inteligência Artificial (IA) da Dynatrace, a Davis, para monitorar e fazer análises que são humanamente impossíveis.  

“A tecnologia permite que nossos funcionários exerçam atividades e tarefas cada vez mais analíticas e estratégicas, dando espaço, assim, para a inovação, novas ideias e, acima de tudo, entregas de resultados cada vez melhores”, afirma Corrêa. 

A Dynatrace é referência quando o assunto é gerenciamento de performance digital (APM, na sigla em inglês): neste ano, o Gartner apontou a empresa como líder no segmento pela décima vez consecutiva. 

A Take tem mais de 20 anos no mercado de mobile e mensageria e é provedora de solução oficial para o WhatsApp Business API. Entre os seus clientes, estão marcas como  Coca-Cola, Itaú e Localiza.