SAÚDE

Grupo Fleury atenderá clientes com Watson

30/09/2021 11:22

Projeto que a companhia fechou com a IBM ainda inclui análise de dados e consultoria.

Jeane Tsutsui, CEO do Grupo Fleury. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Grupo Fleury, um dos maiores em medicina diagnóstica do país, contratou a IBM para realizar um projeto que inclui a criação de um assistente virtual com IBM Watson, além de análise de dados para a jornada do cliente e consultoria para evoluir a arquitetura de tecnologia da empresa.

Na primeira etapa do projeto, será desenvolvido o assistente virtual, que usará o processamento de linguagem natural para que o cliente possa solicitar os serviços necessários.

O agente virtual deve auxiliar na triagem dos primeiros contatos para solicitação dos serviços, gerenciando este atendimento básico e liberando a equipe da central de atendimento para se dedicar às interações mais complexas ou com alto grau de especificidade.

Como o Watson Assistant roda em um ambiente de nuvem híbrida, os dados serão executados em nuvem pública e privada, dependendo de quão sensíveis são para os negócios do Fleury.

O segundo pilar do projeto contempla a criação da jornada do cliente em todos os canais digitais e a evolução da central de atendimento, que fará uso massivo de dados para geração de insights e curadoria.

Por meio de análise de dados, a ideia é que sejam criadas ofertas mais personalizadas, rápidas e intuitivas, atendendo às necessidades dos diferentes grupos de clientes com mensagens customizadas e assertivas.

Já a terceira parte do projeto consiste em um serviço de consultoria para evoluir a arquitetura de tecnologia do Grupo Fleury, na definição do conjunto de padrões e modelos de governança, para negócios, soluções, infraestrutura e dados, além de habilitar o desenvolvimento de produtos cloud native.

"A parceria entre a IBM e o Grupo Fleury vai contribuir com nossa constante missão de encantar nossos clientes, acelerar nosso crescimento e viabilizar uma arquitetura corporativa flexível e ágil e, como consequência, turbinar a geração de novos produtos e serviços", afirma Jeane Tsutsui, CEO do Grupo Fleury.

De acordo com a executiva, a expectativa é de que a aceleração da entrega de valor, maior capacidade de observação e empatia, além do conhecimento do cliente e estratégia de performance baseada em dados, tragam melhores indicadores de NPS, ROI e agilidade.

Com 95 anos de história, o Grupo Fleury possui um portfólio de medicina diagnóstica com cerca de 3,5 mil testes em 37 áreas diferentes. 

A empresa conta com mais de 11 mil colaboradores e cerca de 3 mil médicos, que realizam uma média de 75 milhões de exames de análise clínica e 5 milhões de exames de diagnóstico por imagem a cada ano.

O grupo administra mais de 260 unidades de atendimento das marcas Fleury Medicina e Saúde, a+ Medicina Diagnóstica, Clínica de Olhos Dr. Moacir Cunha, Centro de Infusões Pacaembu (CIP), Weinmann Laboratório, Serdil, Clínica Felippe Mattoso, Labs a+, Lafe, Diagnoson a+, Diagmax, Instituto de Radiologia de Natal, CPC e Inlab. 

Fundada em 1911, a IBM é provedora líder global de nuvem híbrida, IA e de serviços para negócios. A americana atua em mais de 175 países com quase 3 mil entidades governamentais e corporativas em áreas de infraestrutura crítica.

A companhia faturou US$ 23,3 bilhões em 2020, alta de 3,8% em comparação com o ano anterior.

Veja também

CHATBOT
OAB SP atende advogados com Watson

Primeira fase do projeto com a Proa.AI entrou no ar em setembro.

TENDÊNCIAS
Atendente virtual da TIM usa linguagem neutra

Script do robô passou por 90 modificações para evitar palavras com “teor masculino”.

ENTRETENIMENTO
DirecTV atende clientes com Watson

A empresa desenvolveu um assistente virtual baseado nas tecnologias da IBM.

USINAGEM
Pedro II seleciona profissionais com Speck

Plataforma foi criada pela mineira Kukac com base na tecnologia IBM Watson.

SELEÇÃO
Cisco analisa candidatos com Speck

Plataforma foi criada pela mineira Kukac com base na tecnologia IBM Watson.

TELECOM
Algar tem assistente virtual com Watson

A CORA vai tratar das demandas relacionadas ao Centro de Operações de Rede da companhia.