Representantes do Ceitec e EGR assinam contrato.

A Ceitec, estatal federal de semicondutores instalada em Porto Alegre, fechou um contrato para fornecer 110 mil chips ao longo dos próximos 12 meses para a EGR, estatal gaúcha responsável pela manutenção das rodovias estaduais.

O chip vendido pela Ceitec servirá para fazer o controle dos veículos isentos de pagamento nas 14 praças de pedágio controladas pela EGR no Rio Grande do Sul. São isentos moradores das proximidades e carros oficiais por exemplo.

O dispositivo da Ceitec pode ser utilizado para pagamento automático de pedágios, aplicado por meio de tags passivas coladas nos parabrisas dos automóveis, que possibilitam que ele seja reconhecido nas cancelas automáticas de pedágios e estacionamentos.

A EGR foi criada pelo governador Tarso Genro (PT) em 2012 para assumir a gestão de  901,3 km de estradas até então em mãos de concessionárias privadas. 

No ano passado, o Ceitec teve um faturamento de R$ 4,486 milhões, um acréscimo de 4% com relação ao ano anterior. O Ceitec segue no vermelho e ampliando o prejuízo, que aumentou 54%, para R$ 49 milhões.

Uma das metas da empresa é ser o fornecedor do futuro Sistema de Identificação Automática de Veículos (Siniav) o que parece ser numa área similar ao contrato da EGR.