Aferição acontece antes da entrada no embarque doméstico. Foto: divulgação.

O Aeroporto de Porto Alegre, administrado pela Fraport, adotou a solução de detecção térmica da Dahua Technology, multinacional chinesa de segurança, para medir a temperatura dos passageiros.

A câmera foi instalada próxima ao embarque doméstico, antes dos equipamentos de leitura de boarding pass, e possui um sensor capaz de converter a radiação infravermelha emitida pelo corpo humano em imagem. 

Em três minutos, é possível medir a temperatura de 500 pessoas.

Segundo o jornal Correio do Povo, a administradora do aeroporto reforçou a rotina usual de limpeza e higienização desde o início da pandemia, além de sinalizar as recomendações feitas pelas autoridades sanitárias brasileiras, como o uso de máscaras.

Marcadores de distanciamento foram afixados e alertas sonoros e em vídeo sobre as formas de prevenção e sintomas da Covid-19 também estão sendo veiculados nas mídias do terminal.

A Fraport ainda afirma ter disponibilizado álcool em gel nas áreas de grande circulação de pessoas, além de realizar desinfecção das áreas do aeroporto com o Exército Brasileiro.

De acordo com a publicação, 99,7% das partículas do ar que circulam nas cabines das aeronaves são filtradas a cada 3 minutos, por meio do filtro de ar HEPA, que promete evitar a disseminação do coronavírus durante as viagens. 

Recentemente, o metrô de Salvador também adotou a solução da Dahua Technology, com seis câmeras instaladas nas estações de maior movimento da linha. 

O Shopping 3 Américas, localizado em Cuiabá, adotou uma solução parecida, porém de outra chinesa, a Hikvision. A ferramenta é capaz de detectar a temperatura na superfície da pele de 30 pessoas ao mesmo tempo.

O Aeroporto Internacional de Brasília apostou em uma ferramenta da mesma empresa, assim como a Senior, companhia que optou pela marca para aferir a temperatura dos funcionários.

Já a BrMalls, administradora de shopping centers em todas as regiões do Brasil, apostou em equipamentos portáteis da Uniview, também da China. Estes utilizam sensor infravermelho para aferir a temperatura corporal.

A Dahua Technology contabilizou um aumento de quase quatro vezes nas vendas em maio. Ao todo, foram 312 unidades de câmeras térmicas em apenas 30 dias, uma alta de 374% frente às vendas do mês anterior.

Sua fábrica, localizada na Ásia, está trabalhando em três turnos para garantir a entrega dos equipamentos em todo o mundo.