A Diebold, fornecedora de automação bancária, é a vencedora da licitação da Caixa que prevê a compra de 610 servidores para sua rede de agências.

Os equipamentos licitados serão utilizados como servidores de aplicação e impressão.

No lançamento do edital, mais de 20 empresas se candidataram. Entretanto, exigências como a certificação Microsoft HCL Cluster 2003 reduziram esse número para quatro.  

Entre os diferenciais apontados pela Diebold estão a norma RoHS - Restriction of Hazardous Substances, que restringe o uso de sustâncias nocivas ao meio ambiente como chumbo, mercúrio, cádmio, cromo hexavalente.

"Além de atender aos requisitos, oferecemos um servidor com certificação 80 Plus que garante economia significativa no consumo de energia e uma ferramenta de gerenciamento que permite a monitoração remota", declara Carlos Alberto Pádua, vice-presidente de tecnologia da Diebold.

Outro diferencial anunciado pela Diebold é a customização do produto em fábrica, que sairá com todos os softwares pré-instalados e devidamente configurados para uso.