A Softtek, multinacional com sede no México, fechou 2004 com faturamento de 40% no Brasil, mercado em que atua há dez anos. O resultado colabora com a receita global da empresa, que este ano deve bater a casa dos US$ 100 milhões, e crescimento aproximado de 35 % em relação ao ano anterior. A meta é intensificar em 2005 a oferta de serviços em regime off-shore, que atualmente representa 15% do seu faturamento no País, e aumentar as vendas em dois pólos promissores para o mercado de tecnologia: Brasília e Recife.

Ainda estão nos planos da Softtek abrir um Centro Global de Desenvolvimento de Software no campus da Unisinos, integrando o Pólo de Informática de São Leopoldo. A mexicana já possui um centro de desenvolvimento de software em São Paulo e um escritório de consultoria de negócios em Porto Alegre.