Um terço dos netbooks sai da fábrica com Linux, segundo informações divulgadas pela consultoria ABI Research. Isto representou, em 2009, 11 milhões de portáteis em um total de 35 milhões.

Tais números não incluem netbooks dual-boot ou aqueles que tiveram o Windows removido e instalaram Linux (e vice-versa).

A ABI aponta ainda que a utilização de processadores ARM em netbooks fará o Linux tomar o lugar do Windows em 2013.