A AMD coloca no mercado processadores Mobile AMD Athlon 64 de 90 nanômetros (mn), com baixo consumo de energia (antes chamados de "Oakville") para notebooks. A expectativa é que os principais fabricantes lancem sistemas baseados nos novos processadores nos próximos meses.