Tamanho da fonte: -A+A

O Senai firmou uma parceria com a Datacom para utilização dos laboratórios da empresa, localizados em Porto Alegre e Curitiba, como centros de estudos para seus alunos de cursos técnicos.

A empresa, cujos laboratórios de P&D contam com uma equipe de 225 engenheiros, mestres e doutores em Engenharia, fornecerá os espaços para treinamentos em Redes Avançadas de Dados, dentro do projeto Senai – Departamento Nacional.

A companhia também participará com a instalação de equipamentos metro ethernet e de plataformas multiserviços, específicos para redes digitais que suportam velocidades da ordem de giga bits/s, além de oferecer suporte técnico, atualização de hardware e treinamento dos monitores e equipes responsáveis pela implementação do projeto em vários estados.

Segundo Antônio Carlos Porto, diretor executivo da empresa, esta não é a primeira interação da companhia com o meio educacional.

“Esta relação do ensino com a prática faz parte da Datacom desde sua fundação, que buscou no conhecimento o caminho para conquistar o mercado em que atua. Além deste projeto, mantemos investimentos em P&D na UFRGS, PUC-RS e UECE - Universidade Estadual do Ceará”, comenta ele.

De abrangência nacional, o projeto do Senai pretende oportunizar a qualificação de profissionais da área de TI e Telecomunicações para realizar atividades de operação e manutenção de redes avançadas de dados, como redes IP, frame relay e estruturas multiserviços.

“Implantar estes laboratórios tem como objetivo oferecer ao futuro especialista em redes um ambiente real, com aulas práticas, simulando a operação de uma planta de operadora de telecomunicações”, explica a coordenadora do projeto, Michelle Queiroz da Silva. “Nossa meta é atender ao crescimento das plantas de telecomunicações, provedores de acesso à intenet, data centers e backbones empresariais, acompanhando a atualização destas tecnologias com a formação de profissionais qualificados”, finaliza ela.

Especializada em produtos como switches metro Ethernet, multiplexadores SDH e PDH ópticos e elétricos, modens xDSL e GPRS routers para acesso, além de conversores de interface e sistemas para gerência de redes, a Datacom encerrou 2008 com faturamento de R$ 240 milhões e mais de 500 colaboradores em suas unidades de Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.

Já entre outubro de 2008 e abril deste ano, a empresa faturou R$ 10 milhões só com as vendas da linha de produtos DM4000, desenvolvida a partir da aprovação de subvenção econômica da Finep no valor de R$ 2 milhões.

Forte no país, a companhia também atua no exterior, por meio da Datacom Export, que opera via distribuidores na América do Sul, Central e do Norte, África, Europa e Oriente Médio. Na carteira de clientes da empresa, nomes como Oi, Embratel, Brasil Telecom, Telefônica, Claro, Vivo, GVT e Copel, entre outros.