Tamanho da fonte: -A+A

A governadora Yeda Crusius não desistiu da ideia de comprar um novo avião para uso do governo do Rio Grande do Sul, projeto que muitos dos seus aliados já deram como descartado em vista da forte repercussão negativa.

Segundo informações da Zero Hora, Yeda defendeu o plano ao falar com jornalistas momentos antes de chegar ao Centro de Treinamento da Procergs, para um encontro com o secretariado.

“Perguntem ao Rio Grande do Sul se o Rio Grande do Sul quer um avião para autoridades como os outros estados têm”, afirmou a governadora, que alegou que o atual modelo, comprado durante o governo Antônio Britto (1995-1998), gera altos custos de manutenção.

A governadora lembrou que pelo menos 23 Estados dispõem de jatos usados pelos governantes e que o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva lhe estimulou a fazer a aquisição.

Yeda creditou à compra do avião presidencial Aerolula, criticada por seu partido, o PSDB, os “resultados” alcançados pelo governo federal.