Tamanho da fonte: -A+A

A Microsoft começou a oferecer aos usuários do Windows 7 uma atualização para o Windows Activation Technologies - WAT, programa antipirataria anteriormente conhecido como Windows Genuine Advantage -WGA.

De acordo com a empresa, a revisão era necessária para detectar mais de 70 “exploradores de ativação”, termo usado pela Microsoft para designar o que outros chamam de “crack”, que ativa o produto usando chaves roubadas em cópias ilegais do Windows 7.

Usuários do Windows 7 que têm o Windows Update configurado para baixar e instalar atualizações automaticamente receberão o WAT – classificado como KB971033 – sem precisar fazer nada.

Para bloquear a atualização, marcada como “importante”, usuários devem configurar o Windows Update para que o programa avise quando chegam novas atualizações. Assim, antes da instalação ser feita, uma janela com pedido de autorização surgirá no sistema.

Usuários cujo PC já baixou e instalou a atualização do WAT podem desinstalá-la pelo Painel de Controle. A opção de desinstalação também é nova para o software anti-pirataria da empresa. As atualizações do antigo WGA não podiam ser desinstaladas.