Tamanho da fonte: -A+A

A startup paulista Ualah apresenta nesta semana o protótipo Arcah, tecnologia que projeta cenários de imersão digital.

A solução é voltada a chamadas telefônicas e permite simular que os interlocutores estão no mesmo ambiente.

Para interagir através do Arcah, o usuário deve fazer uso do Imersor, óculos de imersão digital. O sistema detecta o movimento das mãos dentro do espaço projetado possibilitando navegar pela internet, interagir em espaços projetados com outros usuários, como em reuniões de trabalho, encontros sociais, palestras e aulas particulares.

Segundo os criadores, o diferencial da Arcah para outras tecnologias de imersão digital é a capacidade de interagir em ambientes projetados vendo a si mesmo em primeira pessoa, o que aumenta a sensação de estar em outro ambiente.

A versão beta será disponibilizada gratuitamente para o público com funcionalidades parciais e uso através do computador conectado a webcam. O produto final será lançando em escala comercial no final de 2010 com preço médio de US$ 1,5 mil.

“As pessoas que utilizaram o Arcah se sentiram imergidas dentro de um sistema e teletransportadas para um lugar diferente”, diz Léo Souza, co-fundador da Ualah.