Tamanho da fonte: -A+A

A TAM Linhas Aéreas informou que retomou ao longo da última segunda-feira, 29, os seus níveis habituais de pontualidade e regularidade, e que, no momento, opera normalmente. 

Em comunicado à imprensa, a companhia destacou que continuará empenhando seus esforços para manter altos esses níveis em suas operações, e se disse preparada para atender à demanda da alta temporada.

“A partir dessa quarta-feira, 01 de dezembro, até 31 de janeiro, colocaremos em prática um plano de contingência para que nossos clientes não passem por contratempos ou transtornos no período de fim de ano e férias”, afirma Líbano Barroso, presidente da TAM Linhas Aéreas.  

Entre as ações previstas e já apresentadas à ANAC estão aeronaves extras, reforço nas equipes de tripulação e de atendimento nos aeroportos, além de distribuição de material informativo para os passageiros. 

Na última segunda-feira, 29, a ANAC suspendeu a venda de bilhetes para voos domésticos da companhia, devido ao excesso de atrasos e cancelamentos, acima da média do setor.

Segundo a TAM, os problemas foram decorrência de remanejamentos na malha aérea da companhia. As fortes chuvas que atingiram a região Sudeste entre a noite de quinta-feira, 25, e a madrugada de sexta-feira, 26, interromperam as operações nos aeroportos de Congonhas, Guarulhos e Viracopos (Campinas), Santos Dumont e Galeão (Rio de Janeiro).

Assim, parte significativa da tripulação da TAM foi deslocada para outros aeroportos, impactando na escala de trabalho para o fim de semana e a segunda-feira.

A companhia afirmou, ainda, que conta com um efetivo de tripulantes suficiente para suas operações – em média, são 840 voos diários. Hoje a empresa tem 8.350 tripulantes, entre comandantes, copilotos e comissários.

“Em dezembro começam a voar 40 novos comandantes, 60 copilotos e 130 comissários”, assegurou Líbano Barroso, acrescentando que a prioridade da companhia é operar em total segurança e com respeito à Lei do Aeronauta, com seus limites de jornada, horas mensais e folgas.