Carrefour: comando de voz na distribuição

01/07/2010 14:38

A tecnologia do voice picking que foi implantada pela ID Logistics no Centro de Distribuição do Carrefour em Osasco, São Paulo, agora chega também às operações da rede de hipermercados no Rio de Janeiro.

O sistema de voice picking é um hardware orientado por um WMS - gerenciamento de estoques - que transmite os pedidos por comandos de voz para cada funcionário que trabalha na separação de pedidos no Centro de Distribuição.

Tamanho da fonte: -A+A

A tecnologia do voice picking que foi implantada pela ID Logistics no Centro de Distribuição do Carrefour em Osasco, São Paulo, agora chega também às operações da rede de hipermercados no Rio de Janeiro.

O sistema de voice picking é um hardware orientado por um WMS - gerenciamento de estoques - que transmite os pedidos por comandos de voz para cada funcionário que trabalha na separação de pedidos no Centro de Distribuição.

Com um receptor de rádio acoplado à cintura e ligado a um hedset, o colaborador recebe os comandos por voz com as indicações do enderço de picking para separação das respectivas quantidades, o que ocorre para cada endereço de picking até completar o pedido.

De acordo com o Carrefour, a eliminação dos papéis na operação, além de gerar redução de custo no uso e consumo de papeis e impressoras, também torna as tarefas mais simples e com menor risco de erros e avarias durante as movimentações dos produtos.

A tecnologia voice picking é recomendada para centros de distribuição com grande volume e variedade de itens em expedição, como os do Carrefour.

Em Osasco, onde a empresa mantém seu maior CD na América Latina, atuam cerca de 650 funcionários da ID Logistics, encarregados de movimentar uma média de 4 milhões de caixas por mês, estocadas em um armazém de 92 mil metros quadrados. O retorno sobre o investimento no sistema se deu em apenas 11 meses.

No Rio de Janeiro, o Centro de Distribuição do Carrefour tem 9 mil metros quadrados e movimenta uma média de 750 mil caixas por mês.

ID Logistics quer faturar R$ 110 mi no Brasil

Criada há  nove anos na França, a ID Logistics possui operações no Brasil nos setores de varejo, alimentos, bebidas, automotivo, materiais de construção e decoração, e tem expectativa de faturar R$ 110 milhões no país em 2010.

A operação brasileira é segunda maior da empresa no mundo depois da França - representando 30% do volume total movimentado e 15% da receita global - e também é a que mais cresce, numa taxa média superior a 20% nos últimos três anos.

Atualmente, o grupo está presente em 12 países, com 66 sites logísticos (centros de distribuição, armazéns e plantas industriais).

Dos mais de 6 mil funcionários da ID Logistics no total, cerca de 1,8 mil estão no Brasil, sendo 20 localidades. Em 2010, a empresa estima evoluir de 20% a 25% no país, com novos contratos e crescimento orgânico.

Veja também

Crivo agiliza operações de crédito do Carrefour

Um software de decisão de crédito e análise de risco da Crivo agilizou as transações da Carrefour Soluções Financeiras, instituição da rede Carrefour que oferece, além do Cartão Carrefour Private Label, outros produtos e serviços, como cartões de crédito bandeirados e diversas modalidades de seguros.

Carrefour online: R$ 6 mi na estreia
Somente no dia da inauguração, a loja online do Carrefour gerou vendas de R$ 6 milhões, totalizando 14 mil pedidos, realizados apenas por clientes cadastrados previamente. 

O portal  registrou até 100 mil visitantes únicos simultaneamente, que contavam com desconto de 20% no total do primeiro pedido realizado no site. A página recebeu mais de 1 milhão de Page views.  

Os itens mais vendidos foram TVs de LCD de 42" e Hds externos. 
Carrefour aposta no e-commerce
Última grande empresa fora do e-commerce brasileiro, o Carrefour lança nesta segunda-feira, 01, sua presença online. 

Com investimentos de R$ 50 milhões - o dobro do que foi gasto pelo concorrente Walmart neste segmento -, a empresa tem metas de tornar-se o quinto maior player do varejo virtual até 2011. 
Carrefour expande uso de EDW Teradata
O Carrefour decidiu expandir seu ambiente de Enterprise Data Warehouse (EDW) Teradata, com o objetivo de suportar análises de negócios dentro do departamento de Marketing.

As soluções permitirão o controle de atividades relativas a mais de 14 milhões de famílias, dando à rede varejista uma visão de 360º em tempo real de seus clientes, por meio de diversos canais de contato.
Carrefour: 15% a mais no Dia das Mães

O Carrefour informa nesta segunda-feira, 26, que reforçou o estoque de seu e-commerce para atender a demanda do Dia das Mães.

Foram compradas mais de 150 mil peças para mesa e cozinha, um volume 30% maior do que em 2009. A expectativa é que as vendas dos itens da categoria cresçam 15% em relação ao ano anterior.

Para impulsionar as vendas, a empresa lança um hotsite dedicado à data.

Carrefour terceiriza service desk com Unisys
O Carrefour Soluções Financeiras terceirizou há seis meses seu service desk com a Unisys Brasil. Pelos próximos três anos, dois mil funcionários terão mensalmente seus 900 chamados atendidos e gerenciados por uma equipe especializada da multinacional de TI.

Segundo Marcelo Prauchner Duarte, gerente de TI do Carrefour Soluções Financeiras, o service desk passou por uma reestruturação, transformando-se em ponto único para atendimento de clientes internos.
Carrefour: 50% menos gastos com Macro4
O Grupo Carrefour anuncia que reduziu em 50% seus custos de TI com a adoção das soluções Macro4 TraceMaster, para depuração de programas Cobol, Assembler, PL/I, DB2 e IMS (BTS); e Macro4 DumpMaster, para diagnóstico de falhas em fontes Cobol, Assembler e PL/I. As ferramentas são vendidas no Brasil pela Eccox.