Tamanho da fonte: -A+A

A prefeitura de Porto Alegre está comprando 550 tablets para uso na rede pública de ensino da capital, a um preço total de R$ 170,5 mil.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Smed), a empresa Inventiva Internacional Comércio de Informática Ltda foi a vencedora da disputa para fornecimento dos equipamentos.

Os tablets – cuja marca ainda não foi definida – custarão R$ 310 cada um.

A disputa pela compra foi feita com base nos recursos necessários para o uso dos equipamentos em sala de aula. Wi-fi, entradas USB e compatibilidade com certos programas fizeram parte dos critérios definidos entre a Smed e a Procempa.

Serão 400 unidades para alunos e 150 para professores.

Inicialmente, alunos do terceiro ano das escolas municipais de Ensino Médio Emílio Meyer e Liberato Salzano Vieira da Cunha serão beneficiados pelas aquisições.

A inventiva ainda deverá apresentar sua documentação para aprovação da prefeitura. Após, o processo será encaminhado à Procempa, para verificação técnica do produto.

Os equipamentos serão distribuídos por meio de cessão de uso durante o período escolar.

A intenção é proporcionar o acesso dos estudantes a novas tecnologias com o uso da internet e a utilização de novos meios pedagógicos de aprendizagem.

São parceiras no projeto a Secretaria Municipal de Educação (Smed) e a Procempa, que promoverá a formação continuada dos docentes para utilização das tecnologias em sala de aula e disponibilizará Internet wi-fi para as escolas.