Tamanho da fonte: -A+A

A Panasonic do Brasil anunciou nessa terça-feira, 03, a inauguração de uma linha de produção de PABX na fábrica em Manaus. “Com isso, a empresa espera aumentar as vendas em 100% em relação”, afirma Fernando Neves, gerente geral de System Solution da Panasonic do Brasil.

Desde abril, o modelo analógico KXTS32 começou a ser produzido nas instalações da fabricante. As vendas devem se iniciar nesse mês, informa a companhia.

O objetivo da multinacional é desenvolver o mercado brasileiro de PABX e tornar os produtos ainda mais competitivos. Os modelos da marca já têm grande aceitação entre as pequenas e médias empresas do país.

A Panasonic produzirá, neste momento, um sistema de PABX analógico e, até o final do ano, introduzirá um sistema digital baseado em IP.

Com a produção local, os preços terão, em média, uma diminuição de 20%.

“Os preços já estão em queda para se adaptar ao mercado, mas esse valor tende a cair ainda mais com a produção no Brasil”, diz o Neves.

Com sede em Osaka, no Japão, a Panasonic registrou vendas líquidas consolidadas no valor de US$ 106 milhões no ano fiscal que terminou em 31 de março de 2011.

No Brasil, a empresa possui uma unidade fabril em São José dos Campos e outra em Manaus. Nas fábricas são produzidas pilhas, lanternas, micro-ondas, câmeras fotográficas digitais, TVs, entre outros produtos.