Foto: http://www.flickr.com/photos/wikimapa/3794638765/sizes/s/in/photostream/

A Diebold Brasil vai fornecer 2,5 mil servidores para o Banco do Brasil.

O contrato - que soma aproximadamente R$ 8.993 milhões - foi fechado através de pregão eletrônico na modalidade de registro de preço, no qual a Diebold concorreu com Dell, HP e IBM.

“Entregaremos ao Banco do Brasil um servidor com processador Xeon Quad Core 2, com fonte de 260 W com Power Factor Correction (PFC) ativo e certificação 80 Plus. Tudo isso ajuda a tornar a máquina mais eficiente do ponto de vista do consumo de energia elétrica”, informa Carlos Alberto Pádua, vice-presidente de Tecnologia da Diebold Brasil.

A Diebold detém 60% do mercado de automação bancária no país. A companhia fabrica PCs e servidores há mais de 10 anos e já forneceu computadores para projetos de inclusão digital do governo, além de atender a clientes do mercado corporativo.

Com cerca de 17 mil funcionários, a empresa mantém representantes em mais de 90 países. A matriz é localizada em Canton, EUA, e no Brasil a sede fica em São Paulo.