Tamanho da fonte: -A+A

Despencou a influência da Apple no índice Nasdaq 100, que reúne as 100 das maiores companhias americanas não estão ligadas ao setor financeiro.

Na nova composição divulgada nesta terça-feira, 05, a empresa passou de contar 20% do total para  12,3%. Mesmo assim, a companhia segue sendo a de maior peso específico no índice.

O objetivo é alinhar o peso de cada companhia dentro do índice à realidade de seu respectivo valor de mercado.

A mudança tornou a presença da Apple no índice mais alinhada ao seu valor de mercado, hoje em US$ 300 bilhões.

Como comparação, o Google tem um valor de mercado de US$ 183 bilhões, porém uma participação cinco vezes menor no índice.

A nova configuração deixa o Google com um peso de 5,8% no índice e o da Apple em 12,3%, ou seja, mais próximo da realidade da diferença de valor de mercado.

Além da Apple, outras 81 companhias terão seu peso reduzido e 18 contarão com um crescimento. A Microsoft é uma das companhias que mais vão se beneficiar com as mudanças; sua participação irá de 3,4% para 8,3%.