Tamanho da fonte: -A+A

Um mês depois do lançamento, a HP já está dando um desconto de US$ 100 em seu tablet.

A oferta é válida tanto para as versões de 16 GB quanto as de 32 GB, reduzindo os preços dos aparelhos para, respectivamente, US$ 400 e US$ 500 a unidade, nos Estados Unidos.

Esse é o primeiro tablet com o sistema operacional WebOS, da Palm, comprada pela HP no ano passado, e segue sem data de chegada no mercado nacional.

A empresa tem planos de produção em território nacional, especialmente com as iniciativas de incentivo implementadas pelo governo, como o enquadramento dos tablets na Lei do Bem e a medida provisória que isenta a produção de certos impostos.

Chamado de TouchPad, o equipamento tem 16 GB ou 32 GB de armazenamento, resolução de tela de 1024x768, 3G e Bluetooht.

HP em Porto Alegre na torcida
Enquanto as datas das vendas não se confirmam, a unidade de P&D da HP no Tecnopuc, em Porto Alegre, está na torcida pela fabricação do tablet em território brasileiro.

O aceno do CEO mundial da HP, Léo Apotheker, em maio, que prometeu o tablet com o sistema WebOS – herança da aquisição da Palm, há dois anos – traduzido para o português, acende expectativas.

WebOS vem primeiro
Segundo o diretor da unidade, que abriga mais de 300 funcionários no antigo prédio do 18º Batalhão de Infantaria Motorizada – hoje pertencente a PUC-RS – Cirano Silveira, a manufatura do TouchPad pode resultar em mais investimentos na capital.

“Já temos a previsão de um pacote de vagas nesse ano. A fabricação resultaria em mais pesquisa e desenvolvimento, que é feito, no Brasil, em Porto Alegre”, diz Silveira.

O diretor ressalta, por exemplo, que só a tradução do WebOS para o português já pode chamar mais atenção para o P&D brasileiro da fabricante – líder mundial e, segundo Apotheker, nacional na venda de PCs.