A distribuidora CDC Brasil firmou um acordo para distribuir no Brasil a linha de computadores robustecidos Toughbook. Os aparelhos serão vendidos 100% por meio de canais e revendas.

“O objetivo é consolidar o Toughbook no mercado nacional”, afirma o gerente nacional da Panasonic no Brasil, João Alberto Simões.

Para a venda do Toughbook, a CDC Brasil vai implantar o programa de canais da Panasonic TP3 com estratégia de credenciamento e capacitação para revendas.

O foco é vender assistir clientes da segurança pública, construção civil, saúde e petroquímico.

“Estamos em processo seletivo para contratar um especialista para atender essa linha e dar todo suporte na área comercial”, ressalta Marcelo Duarte, diretor comercial da CDC Brasil.

Noteooks durões
Dentro da linha Toughbook estão laptops resistentes a choque e projetados para sobreviver a temperaturas extremas (de - 60ºC a 120ªC).

O computador também é capaz de resistir a quedas e derramamento de líquidos.

Entre as vantagens da linha, explica a Simões, está o baixo índice de falhas no equipamento, o que evita interrupções na realização de tarefas.

Comercializada há 17 anos nos Estados Unidos, a linha Toughbook é vendia por meio de canais e revendas, representando cerca de 70% de market-share no segmento de computadores robustecidos, onde fatura cerca de US$ 800 milhões ao ano.

A Toughbook possui o serviço de pós-venda com garantia de três anos no Brasil exclusivamente para os equipamentos que forem distribuídos pela CDC Brasil.

A CDC Brasil conta com três centros de distribuição, em São Paulo, em Curitiba e em Recife. A empresa tem uma equipe com mais de 200 profissionais que incluem 15 consultores regionais espalhados por estados brasileiros.