A Oracle e a Fujitsu anunciam o servidor SPARC Enterprise M3000 aprimorado com o mais recente processador SPARC64 VII+.

Desenvolvido com base na tecnologia de computação de missão crítica da Fujitsu em parceria com a Oracle, o modelo tem desempenho 20% superior ao antecessor.

Segundo as empresas, o equipamento é voltado para aplicativos empresariais, como os de business intelligence, bancos de dados e processamento de negócios.

Entre os recursos do servidor SPARC Enterprise M3000 estão aumento da velocidade de clock de CPU, de 20%, suporte a drive em estado sólido (SSD), disponibilidade ininterrupta (24x7), para computação de missão crítica e consumo reduzido de energia de 37%.

“O novo SPARC foi desenvolvido com base na tecnologia de computação de missão crítica da Fujitsu em parceria com a Oracle, reduzindo o TCO (custo total de propriedade)”, afirmou Noriyuki Toyoki, vice-presidente sênior corporativo da Fujitsu.