Tamanho da fonte: -A+A

A IBM fechou o primeiro trimestre deste ano com lucro líquido de US$ 2,6 bilhões, crescimento de 13% ano/ano.

A receita foi de US$ 22,9 bilhões, com ganhos por ação de US$ 1,97, uma expansão de 5% e 16%, respectivamente, sobre o mesmo período de 2009.

No trimestre, a venda de licenças de software da companhia subiu 11%, somando US$ 5 bilhões, liderada pelas soluções da linha Tivoli, que tiveram salto de 23%, seguidas pelas ferramentas WebSphere, cujo aumento foi de 13% ano/ano.

As vendas do Lotus cresceram 1%. A única linha a registrar queda foi a Rational, com 7% negativos em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

Já a receita com serviços cresceu 4%, chegando a US$ 13,7 bilhões.

Em hardware, a IBM registrou crescimento de 5% na linha de Sistemas e Tecnologia, que vendeu US$ 3,4 bilhões no trimestre. As séries System z e Power, entretanto, caíram 17%.

Quanto a gastos, a IBM fechou o 1T10 com US$ 560 milhões, contra US$ 265 milhões gastos no 1T09.

Para o ano fiscal de 2010, a empresa reviu suas projeções. Com base nos crescimentos apresentados, a Big Blue espera ganhos de US$ 11,20 por ação.