O lucro líquido da Hewlett-Packard chegou a US$ 2,2 bilhões no segundo trimestre do seu ano fiscal de 2010, encerrado em 30 de abril, uma alta de 28%.

Na mesma base de comparação, a receita da companhia americana teve incremento de 13%, chegando a US$ 30,8 bilhões.

A divisão de storage e servidores liderou o avanço, com vendas de US$ 4,5 bilhões no segundo trimestre fiscal, alta de 31%.

O grupo de sistemas pessoais da HP, divisão responsável pela venda de produtos de consumo como os PCs, que teve receita de US$ 10 bilhões, aumento de 21%.

Com alta de 2%, a unidade de serviços movimentou US$ 8,7 bilhões, enquanto que a receita relacionada a software totalizou US$ 871 milhões, queda de 1%. Já a unidade de impressão e imagem obteve receita 8% superior, de US$ 6,4 bilhões.

Para o terceiro trimestre fiscal, que terminará em no fim de julho, a HP projeta conquistar receita entre US$ 29,7 bilhões e US$ 30 bilhões, enquanto que para todo o seu ano fiscal de 2010 a empresa estima crescimento de 8% a 9% na receita em relação ao ano fiscal de 2009.