Tamanho da fonte: -A+A

O ano que vem será de investimento recorde para o LG Group, numa tentativa de reverter o déficit de algumas unidades, como a de celulares.

Segundo anúncio feito nesta segunda-feira, 20, a sul-coreana vai aportar 12% a mais em 2011. A cifra será US$ 18,2 bilhões. As divisões de eletrônicos da LG investirão a maior parte.

O grupo controla a LG Electronics; a segunda maior fabricante mundial de telas LCD, LG Display; e a LG Innotek, como suas principais divisões no setor eletrônico.

"O foco para 2011 será reforçar nossas atividades centrais de smartphones, computadores tablet, televisores e telas de grande porte", afirmou o grupo em comunicado.

Também entram no planos da companhia estimular novas fontes de crescimento, como células solares, novos tipos de telas e telas de pequeno porte para smartphones e tablets.

A LG é o quarto maior conglomerado sul-coreano, diz a agência Reuters.

O grupo substituiu, em setembro, o presidente-executivo da LG Electronics por um membro de sua família fundadora, e posteriormente indicou novos comandantes para as divisões de televisores e celulares, depois que a companhia reportou prejuízos operacionais recorde no terceiro trimestre.

A companhia mais tarde introduziu uma série de modelos de smartphones e vendeu dois milhões de unidades do celular inteligente Optimus One desde seu lançamento, em outubro.

É o mais bem sucedido modelo de smartphone já lançado pela companhia.