Tamanho da fonte: -A+A

Dois carros elétricos com pilotos automáticos desenvolvidos na Universidade de Parma, na Itália, partiram da cidade italiana rumo a Xangai, na China, nesta semana.

O testdrive durará três meses ao longo de 13 mil quilômetros.

De acordo com informações da Associated Press, os carros são equipados com quatro scanners a laser e sete câmeras de vídeo que detectam e evitam obstáculos, chegando a velocidade de 60 quilômetros por hora.

Seus únicos ocupantes são técnicos cuja missão é fazer reparos e assumir a direção em caso de emergência.

“Queremos expor nosso sistema ao limite para ver se ele pode trabalhar em um ambiente real, com o tempo e tráfegos críticos”, afirmou o coordenador do projeto Alberto Broggi, em entrevista à agência de notícia.