Tamanho da fonte: -A+A

A Simpress, provedora de soluções de impressão e gestão de documentos, encerrou 2009 com crescimento de 11%. O faturamento alcançou R$ 295 milhões, refletindo também aumento de 19% na receita proveniente de serviços.

Ao longo do ano, a Simpress realizou investimentos da ordem de R$ 52 milhões, tanto no portfólio de lançamentos quanto em ferramentas de relacionamento com clientes e parceiros e em atualização tecnológica.

Nesta última área, a companhia investiu R$ 700 mil em seu Network Operation Center (NOC), ampliando o controle dos serviços por meio da monitoração em tempo real do parque de impressão de todos os clientes da empresa.

De acordo com Vittorio Danesi, presidente da Simpress, a meta para este ano é crescer com foco no outsourcing, área na qual a empresa tem ofertas como Gestão Eletrônica de Documentos (GED), Suíte de Gestão (ferramenta em ambiente web que permite o acompanhamento de todos os detalhes  dos serviços contratados), Sistema de Requisição Eletrônica (otimiza pedidos de impressão aos Document Centers), além do Simpress On Site (coleta automática do volume de produção de páginas produzidas pelos clientes).

Em 2009, a Simpress também inaugurou filial em Salvador. Além disso, as demais filiais registraram crescimento: a unidade mineira cresceu mais de 80%, seguida pela paranaense, com 52%, do Distrito Federal, com 45%, e a carioca com 11%.

O quadro de colaboradores também aumentou, com cerca de 6% mais contratações realizadas em 2009, na comparação com o ano anterior.
“Com a retomada da economia em 2010, nossa expectativa é expandir ainda o quadro de profissionais. Esperamos fazer cerca de 680 novas contratações em todo o Brasil este ano”, finaliza Danesi.  

Este ano, a meta da empresa, segundo o presidente, é crescer cerca de 20%.
 
Em todo o país, a Simpress possui mais de 1,3 mil funcionários. Além das filiais do Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte e Brasília, a companhia conta com 140 revendas e mais de 1 mil técnicos voltados ao atendimento.