A ATP - empresa com sede em Brasília, especializada em soluções tecnológicas para sistemas financeiros - acaba de assinar contrato para implantar a compensação de cheques por imagem no Banestes - Banco do Estado do Espírito Santo.

Na compensação, a imagem é capturada nos caixas das unidades, com o uso da solução Imagon, e enviada sem necessidade da troca de documentos físicos. O processo promete agilizar a compensação e reduzir custos com transporte de documentos e logística.

Para a implantação do sistema foi formalizado pedido de importação de 879 escaners, que serão instalados em todas as 130 agências do banco, nos pontos de correspondente não bancário com maior volume de transações e em clientes de grande porte, para a captura diretamente nas instituições.

A ATP será responsável pela integração da solução de captura Imagon à plataforma tecnológica do banco e pela instalação e manutenção dos scaners. Também disponibilizará uma central de atendimento para registro de chamadas técnicas, respondendo por toda a área de logístca.

De acordo com a  empresa, o projeto é o primeiro a atender totalmente às normas da Câmara de Compensação do Banco do Brasil para a compensação de cheques por imagem, que deverá ser adotada em breve por todos os bancos brasileiros, de acordo com as definições da Febraban - Federação Brasileira de Bancos.

Desde 2009, a ATP já realiza testes em seis bancos para os quais realiza serviços de compensação, em uma fase de adaptação ao novo modelo.  A partir do mês de abril, o envio da imagem de cheques à Câmara de Compensação começou a ser triplicado e até o final do mês de julho, 100% das agências do banco cliente estarão com o processo de compensação por imagem implementado.