http://www.flickr.com/photos/ivyfield/4498291838/

Uma pesquisa da Canalys, a venda de tablets deve bater a de notebooks até 2012. Segundo a consultoria, a falta de inovação na indústria de netbooks é um dos fatores que levará à migração para o novo modelo de equipamento.

 
“Além do ‘efeito Apple’, o iPad deve seu sucesso à falta de avanços em outros segmentos de computação portátil, como os netbooks”, disse o vice-presidente da Canalys, Chris Jones.
 
Segundo Jones, para recuperar mercado os fabricantes de PC terão de levar os netbooks a “outro nível” ou “ir atrás de novos segmentos com seus próprios tablets”.
 
A Canalys estima que 12,5 milhões de unidades de tablets devem ser vendidas em 2010 e que esse número crescerá para 66 milhões até o fim de 2014. Os analistas preveem que a Apple deve liderar nesse mercado com o iPad pelo menos até 2011.
 
À medida que outras marcas ingressam no segmento, entretanto, deverá haver um período de experimentação de vários modelos tanto entre usuários comuns como nas empresas.
 
“Plataformas como Android, iOS, webOS e possivelmente BlackBerry, assim como Chrome, MeeGo e Windows, provavelmente irão disputar o mercado de tablets nos próximos três anos”, opina Jones.
 
Segundo a consultoria, o iPad, com mais de 3 milhões de unidades vendidas, já conquistou 6% do segmento de computadores portáteis no segundo trimestre de 2010.