Abyara: R$ 400 mil, 25% mais thins e TI verde

28/02/2011 14:30

A imobiliária Abyara Brokers ampliou em 25% seu parque de thin clientes, em um investimento que superou R$ 400 mil, incluindo servidores, softwares e 500 thins da Init, que vão atender a cerca de 1,5 mil corretores em oito lojas da empresa.

Segundo o CIO da imobiliária, Adriano Aquino, as máquinas garantiram a inserção da companhia na TI verde, com economia de energia elétrica.

Tamanho da fonte: -A+A

A imobiliária Abyara Brokers ampliou em 25% seu parque de thin clientes, em um investimento que superou R$ 400 mil, incluindo servidores, softwares e 500 thins da Init, que vão atender a cerca de 1,5 mil corretores em oito lojas da empresa.

Segundo o CIO da imobiliária, Adriano Aquino, as máquinas garantiram a inserção da companhia na TI verde, com economia de energia elétrica.

“O consumo de energia desses equipamentos é 10% do consumo de um PC”, afirma o executivo. “Ainda, geram economia de espaço e mais conforto ao usuário, porque o ambiente fica mais limpo”, complementa.

O CIO soma aos benefícios a redução do calor dissipado no ambiente, alegando que como o thin client da Init usa apenas um adaptador de corrente, dispensa o uso de fonte de energia, reduzindo a necessidade de ar condicionado.

“Um PC, por exemplo, chega a 80ºC, enquanto os equipamentos que implantamos não atingem os 20ºC”, comemora Aquino.

Além disso, segundo o gestor de TI os novos terminais também agregam baixo custo de propriedade, não quebram, já que não têm peças móveis nem HD, e dispensam manutenção e suporte.

A rapidez na instalação das máquinas também é motivo de celebração: “gasta-se cinco minutos para configurar a conexão”, destaca o CIO.

Em relação à manutenção, Aquino destaca que, hoje, uma equipe de suporte com seis pessoas atende a cinco lojas da Abyara. Antes, eram necessários oito profissionais para atender a três lojas.

A estrutura atual de servidores da Abyara Brokers atende em média 120 thin clients por cada frame.

Todo o sistema de servidor é redundante, apesar de não ser missão crítica, e cada unidade tem seu servidor dedicado.

“Isso proporciona autonomia em relação à matriz”, comenta Aquino.

Na imobiliária, todo o projeto foi desenvolvido e implementado pela Aviv Solutions, em regime turnkey, incluindo cabeamento estruturado, no-break, thin clients, servidores, licenciamento Microsoft e rede de telefonia.

Sediada em São Paulo, a Abyara Brokers é integrante do grupo de consultoria e intermediação imobiliária Brasil Brokers.

A companhia atua em todas as etapas dos empreendimentos que comercializa: do desenvolvimento dos projetos às vendas dos imóveis.

Já a Init, também paulista, é fabricante de thins com tecnologia própria e conta com cerca de 110 mil equipamentos instalados e está inserida no plano de incentivos do Ministério de Ciência e Tecnologia para o Processo Produtivo Básico.

Veja também

Init, a primeira do Brasil com Citrix HDX Ready

A Init acaba de se tornar a primeira fabricante brasileira de thin clients a conquistar a certificação HDX Ready (High Definition user Experience), da Citrix.

INIT: R$ 3 milhões em reposicionamento

A fabricante de thin clients INIT está investindo cerca de R$ 3 milhões para reposicionar-se no mercado. A estratégia envolve mudanças internas, marketing e novos produtos para o varejo.

Como resultado das ações, a empresa espera crescer 30%, em 2010,  fechando o ano com 20 mil unidades vendias e faturamento de R$ 15 milhões. Em 2011, o crescimento esperado é de 40%.

InIT: US$ 2 mi para thins no Brasil
A InIT, que desde 2001 comercializa thin clients no Brasil, decidiu ampliar a produção local das máquinas, que até 2007 eram importadas.

Para tanto, a companhia vai investir cerca de US$ 2 milhões na fabricação dos equipamentos, realizada em parceria com a Elsys, empresa de Manaus que mantém acordo de contratc manufacturing com a InIT.
ThinNetworks: 10 PCs em 79% menos energia

A ThinNetworks lança o Multi-User PC Server, solução multiterminal que permite trabalhar com até 10 estações em um único computador.

A ferramenta, lançada em parceria com a Microsoft, disponibiliza sistema operacional Windows MultiPoint Server pré-instalado, além do kit monitor, gabinete, teclado e mouse.

Escritório de direito investe R$ 184 mil em thins

O escritório de advocacia Felsberg e Associados acaba de adquirir 205 terminais thin client S10 da Wyse, em um investimento de R$ 184,5 mil.

As máquinas, fornecidas pela integradora MD Systems, contam com solução de virtualização de aplicativos XenApp, da Citrix.

Conforme Rodrigo Soares, gerente de TI do escritório, o objetivo do projeto foi modernizar um parque de computadores já obsoleto.

Thins da Tecnoworld certificados para Citrix

Os thin clients da Tecnoworld acabam de receber o selo Citrix Ready, o que amplia a oferta da companhia para usuários desta plataforma e ambiente.

Atualmente, sete modelos de thins Tecnoworld estão disponíveis no mercado – Winbox 1000, Winbox 1010, Winbox 400, Netbox, Winlight3, Netbook (thin client mobile) e Winnet2. Toda a linha foi aprovada nos testes feitos pela Citrix, atendendo aos pré-requisitos da marca.

Ingenico Brasil: 90% menos energia com thins

A Ingenico, multinacional francesa especializada em soluções de pagamento eletrônico, entre elas terminais POS (Point of Sales), adotou thin clients da Wyse em sua filial brasileira.

Pão de Açúcar: 100% thin client até 2012

O Pão de Açúcar vai trocar todos seus 10,5 mil computadores de mesa por thin clients da Wyse até 2012, com um investimento total de R$ 12 milhões.

De acordo com reportagem da Computerworld, a alteração representará uma economia de R$ 4,5 milhões em energia elétrica já em 2010, chegando a R$ 13 milhões em 2013.

IPconnection faz parceria com Wyse para thins

A IPconnection, integradora de serviços e soluções em TI e telecomunicações, firmou uma parceria com a Wyse Technology focada em projetos de virtualização de desktops e no mercado de thin client.

Com a aliança, a integradora pretende atingir uma meta de pelo menos duas mil unidades instaladas em 2010.
 

Tecnoworld: 500 thin clients para Campinas

A Tecnoworld, fornecedora brasileira de terminais thin clients,  acaba de fornecer em torno de 500 equipamentos para a Prefeitura de Campinas, em São Paulo, a fim de atualizar seu parque tecnológico.