COC dará tablet a alunos em 2011

29/10/2010 16:13

A Faculdade Interativa COC, que trabalha com educação à distância, oferecerá Tablets gratuitos aos alunos aprovados no vestibular 2011 da instituição. O acessório fará parte do material didático dos universitários.

A proposta da instituição é associar o nome da faculdade ao caráter inovador do equipamento, que ganhou popularidade este ano com o lançamento do iPad, da Apple.

Tamanho da fonte: -A+A

A Faculdade Interativa COC, que trabalha com educação à distância, oferecerá Tablets gratuitos aos alunos aprovados no vestibular 2011 da instituição. O acessório fará parte do material didático dos universitários.

A proposta da instituição é associar o nome da faculdade ao caráter inovador do equipamento, que ganhou popularidade este ano com o lançamento do iPad, da Apple.

“Queremos incentivar a inclusão digital, oferecendo ao acadêmico uma tecnologia que, por meio de pesquisa on-line, possibilite a busca por mais informações”, declara Jeferson Fagundes, diretor nacional de educação à distância do COC.

Serão adquiridos 20 mil aparelhos fabricados na China. Entretanto, apenas os alunos ingressantes terão direito ao dispositivo, que será entregue gradativamente a partir de abril do próximo ano.

O modelo do acessório ainda não foi divulgado, mas o aparelho terá acesso à rede Wi-Fi para o download do material curricular.

O vestibular da Faculdade Interativa COC será realizado no dia 5 de dezembro e tem inscrições abertas até  2 do mesmo mês. A lista de aprovados será divulgada na terça, 14 de dezembro. 

Mais informações pelo link relacionado abaixo.

Veja também

TIM: iPad em novembro por menos de R$ 2 mil

O iPad deve começar a ser vendido na metade de novembro com preço abaixo de R$ 2 mil.

Foi o que garantiu ao jornal O Globo o presidente da TIM,  Luca Luciani, destacando que o aparelho poderá ser parcelado em até 12 vezes.

Nos Estados Unidos, a versão 3G do aparelho (única que deve ser vendida pelas operadoras locais) possui preços entre US$ 629 e US$ 829, de acordo com a capacidade de armazenamento (16GB, 32GB ou 64GB).

Tablet resistente ganha site no Brasil

A Panasonic lança nesta segunda-feira, 25,  no Brasil, o novo site da linha de tablets Toughbook.

Diferente dos tablets já existentes no mercado internacional (como o iPad, da Apple), o Toughbook (cujo nome se inspira no termo inglês para durão) foi desenvolvido para resistir a situações extremas.

Segundo a fabricante, o aparelho aguenta solavancos, colisões, quedas de até 1,80 metro, chuva, pressão, poeira e oscilações de temperatura.

Notícias são preferência no iPad

Estudo realizado pela consultoria Nielsen com usuários de iPad aponta que notícias são os conteúdos mais visualizados no tablet da Apple.

Para 44% dos entrevistados no estudo Dispositivos Conectados à Internet (Internet Conected Devices), os noticiosos são a preferência de consumo em base regular. Em segundo lugar vem a música, com a fatia de 41%.

HP revela tablet de US$ 799

A Hewlett-Packard revelou nesta semana seu primeiro tablet, batizado de Slate 500, voltado para o mercado corporativo. O computador é vendido por US$ 799.

Rodando Windows 7, o modelo tem tela de 8,9 polegadas, sistema multitoque, pesa 700 gramas e tem 64 GB de armazenamento.

A bateria dura cinco horas em uso contínuo.

Apesar de ter acesso Wi-Fi, o modelo não oferece conexão com redes de celular de alta velocidade, como fazem o iPad, o Galaxy Tab (Samsung) e o Streak (Dell).

Amazon libera empréstimo de e-readers

Foi liberado nesta semana o empréstimo de livros eletrônicos entre usuários da plataforma Kindle, da Amazon. Agora, quem tiver o próprio Kindle ou o aplicativo instalado no PC, iPhone ou outro dispositivo compatível, poderá pegar um e-book emprestado de outro usuário.

Apesar de autorizado, destaca o jornal Folha de S. Paulo, o empréstimo não é livre.

Gartner: 19,5 mi de tablets em 2010

Novos lançamentos e o sucesso do iPad devem elevar as vendas de tablets a 19,5 milhões neste ano, prevê a consultoria Gartner.

Relatório publicado nesta sexta-feira estima uma alta de 181% no setor em 2011, chegando a 54,8 milhões de unidades. A projeção para 2014 é de vendas de mais de 208 milhões de aparelhos.