Oracle começa a reverter o mau desempenho da Sun Microsystems em servidores

Tamanho da fonte: -A+A

A Oracle parece estar acertando a mão com os servidores Sun, ao reverter o declínio das vendas.

Dados da consultoria IDC indicam que o negócio de servers da Sun – negociada em 2009 pela Oracle por US$ 7,4 bilhões – teve alta de 13,5% no primeiro trimestre desse ano, frente ao 1T10, chegando aos US$ 773 milhões.

Há dois anos, por ocasião do anúncio da compra, o negócio experimentava baixas dentro da Sun.

Números da própria IDC para o segundo trimestre de 2009 indicavam que os servidores da Sun despencaram 37%, perdendo espaço pra IBM e HP, que também apresentaram quedas, porém menos acentuadas.

De acordo com ao consultoria, o aumento de vendas foi alimentado pelo bom desempenho do mercado global de servidores, onde as vendas totais cresceram 12,1% em relação ao primeiro trimestre do ano passado, atingindo US$ 11,9 milhões.

Os servidores de alta performance, diz a IDC, tiveram um aumento notável, beneficiando não apenas a Oracle, como outras empresas – HP, IBM e Dell entre elas.

Entre os fornecedores, a HP continua líder de mercado em termos de receitas, com aproximadamente 31,5% de quota de participação. A IBM concentrou 29,2% enquanto os equipamentos da Dell representaram 15,6% das vendas.

Pela primeira vez no seu relatório, a IDC incluiu a Cisco Systems, que conseguiu captar uma quota de 1,6% da receita total.

Conforme os números da IDC, o ranking em servidores do primeiro trimestre desse ano tem ainda a Oracle, em quarta colocada, com 6,5% de share, e a Fujitsu, logo abaixo, com 4,8%.

O mercado levando, entre janeiro e março de 2011, US$ 11,9 bilhões.